5 RAZÕES PORQUE NÃO CONSEGUES PERDER PESO

Apesar de fazeres exercício físico e de cuidares da tua alimentação, a balança não desce. Pequenas coisas que fazes no teu dia a dia podem ser responsáveis por isso, algumas delas completamente insuspeitas. Deixo aqui cinco razões surpreendentes que podem funcionar contra a perda de peso.


Créditos de Imagem

1- COMER DEMASIADO AÇÚCAR "ESCONDIDO"



Sabias que cerca de 80% dos alimentos processados contêm açúcar?
É muito importante estar de olho nos rótulos dos alimentos e evitar comprar aqueles em que o açúcar ocupa os três primeiros lugares na lista de ingredientes. Um alimento "light" tem normalmente menos gordura, mas chega a ter mais açúcar do que um alimento "não light". O açúcar que consomes e que não gastas em actividade física é quase todo transformado em gordura e armazenado no tecido adiposo e a gordura natural dos alimentos faz-nos falta.

A solução está em comprar alimentos reais, preparar todas as refeições em casa e leva-las prontas para comer no local de trabalho.

2- ANDAR STRESSADO(A)

Créditos de imagem

O cortisol, a chamada hormona do stresse, afecta o metabolismo e a estabilidade emocional. Estudos apontam para o facto de que a produção crónica de cortisol está ligada a doenças, incluindo ansiedade, depressão, distúrbios do sono, problemas digestivos, desequilíbrios hormonais, problemas de fertilidade e ganho de peso.

Situações stressantes são um facto da vida, mas podemos adoptar algumas medidas para reduzir os seus efeitos, tais como fazer uma alimentação saudável e praticar técnicas de relaxamento, como yoga, respiração profunda, fazer uma massagem ou aprender a meditar.


3 - DORMIR POUCAS HORAS

Créditos de imagem

As horas que passamos a dormir também influenciam o nosso peso. A privação do sono ou dormir poucas horas influencia a regulação do apetite porque há menos produção de leptina (hormona responsável pelo controle da ingestão alimentar) e isto pode ter como consequência mais episódios de compulsão alimentar.

4 - COMER DEMASIADO NA "HORA DO LOBO"

créditos de imagem

Frases com esta, "porto-me super bem durante o dia, o problema é quando chego a casa ao final da tarde", são muito frequentes no meu consultório. Esta é a famosa "hora do lobo", comum a muitas pessoas, em que se dá um descontrolo da ingestão alimentar, caindo numa cadeia de acções inconscientes, sem discernimento. Para umas pessoas a "hora do lobo" é ao final da tarde, para outras é após o jantar.

Para não estragar o dia, que correu bem até meter a chave na porta de casa, o melhor é não comprar "tentações" como bolachas, chocolates ou batatas fritas e experimentar um ou dois destes snakcs saudáveis: frutos secos gordos (1 punhado), sticks de cenoura (uma cenoura crua aos palitos) com manteiga de amendoim caseira, 1 iogurte grego natural (sem açúcar), 1 queijinho fresco com tomate ou 1 ovo cozido.

5 - INGERIR DEMASIADAS CALORIAS DEPOIS DOS TREINOS



Reduzir na alimentação é muito mais importante para o emagrecimento do que fazer mais exercício físico. Basta um simples exemplo: “queimamos” cerca de 350 calorias em meia hora a correr ou a nadar, mas podemos obter semelhante redução calórica, deixando de comer o pastel de nata ou o queque com o café a meio da manhã, todos os dias. Se não olharmos ao que comemos, bem poderemos passar horas e horas a transpirar no ginásio que os resultados tardarão em aparecer.
Depois de saíres do ginásio, o melhor é teres uma sopa de legumes à espera e uma bela salada colorida combinada com um pouco de carne, peixe, ovos ou queijo.
0