FELIZ NATAL!


O Natal está à porta! 
No dia 24 de Dezembro, as famílias portuguesas reúnem-se à volta da mesa de jantar para a consoada. Segundo o dicionário Houaiss da língua portuguesa, consoada é uma "leve refeição nocturna, sem carne, que se toma em dia de jejum" ou "ceia familiar da noite de Natal". Poucos saberão que, de acordo com a tradição católica, a véspera de Natal é dia de jejum e só após a “missa do Galo” a família procura “consolo” à mesa. Não há tradição mais portuguesa do que o bacalhau cozido com batatas, ovo e couve penca, regado com o melhor azeite novo, na noite de consoada. É provavelmente o modo mais saudável de ingerir o "fiel amigo". Mas há regiões do país em que o costume é diferente: por exemplo, na região entre Minho e Douro diz-se que “se não houver polvo a consoada não tem o mesmo sabor”.

Os dias de festa devem ser vistos como um parêntesis na rotina que deve ser desfrutado com fartura à mesa. Mas, se não quiser ganhar muito peso, uma vez concluído o período excepcional, retome o mais cedo possível o ritmo das refeições normais.
A partir do dia 26 resista a comer o que sobrou, em especial as sobremesas. Congele os restos porque corre o risco de prolongar demasiado os excessos gastronómicos. Sobretudo resista às guloseimas do Natal e volte à sopa, à fruta, às saladas e aos legumes. Beba mais água e retome a prática da actividade física. A contenção só vai durar uma semana. No dia de Ano Novo a festa está de volta. 

Desejo a todos um Santo e Feliz NATAL e um ANO NOVO super saudável!

Ana Carvalhas
Postar um comentário

Postagens mais visitadas