terça-feira, 28 de fevereiro de 2017

CURGETE NO FORNO COM PARMESÃO


Fazer a curgete no forno é talvez a maneira mais simples de a cozinhar, transformando-a no acompanhamento para peixe, carne ou ovos, ou num maravilhoso snack. A receita é super simples: basta lavar a curgete, parti-la e colocar os pedaços no tabuleiro forrado com papel de forno. Depois é só regar com azeite bom, ervas aromáticas (escolhi rosmaninho) e levar ao forno pre-aquecido a 180 ºC cerca de 15 a 20 minutos. 
No final, antes de servir, polvilha-se com queijo parmesão. É muito bom!
   

domingo, 26 de fevereiro de 2017

LEGUMES À BRÁS



Sugestão para amanhã, que é segunda sem carne, lembram-se?
Esta receita de legumes à brás é fácil e rápida de fazer: leva alho francês como base, couve coração partida em juliana fina, curgete partida como batata palha e/ou outros legumes que gostem.

Preparação:
Coloca-se o alho francês cortado às rodelas numa frigideira antiaderente com um fio de azeite. À parte salteiam-se a couve e a curgete. Depois de salteados junta-se ao alho francês. Batem-se 2,3 ou 4 ovos (dependendo do número de doses) e, ainda com a frigideira ao lume, juntam-se aos legumes. Mistura-se tudo muito bem e, quando os ovos estiverem sólidos, desliga-se. Junta-se salsa picada e azeitonas para enfeitar.

domingo, 19 de fevereiro de 2017

LENTILHAS COM COGUMELOS, TOMATE SECO E COENTROS


Quem leu o meu livro Dieta para Sedentários sabe que sou adepta do movimento internacional "Meat Free Monday" (segunda sem carne) que tem como objectivo reduzir a emissão de gases com efeito de estufa e melhorar a nossa saúde.

RECEITA
Cozem-se as lentilhas em água com um pouco de sal. Sallteiam-se os cogumelos em azeite e alho e junta-se o tomate seco partido em pedaços e os coentors picados. Por fim juntam-se as lentilhas e mistura-se tudo.


quinta-feira, 16 de fevereiro de 2017

PAPAIA COM IOGURTE GREGO NATURAL




Com o regresso do Sol começam a apetecer pequenos-almoços com frutas tropicais que lembram o Verão. Experimente retirar os caroços de meia papaia, espremer umas gotas de sumo de limão ou lima (realça o sabor da papaia) e rechear com iogurte grego natural. É uma mistura deliciosa que ainda sabe melhor por  se comer na própria papaia!

Informação Nutricional por 100 g de PAPAIA (fonte: USDA Nutrient Database):

H.C. - 10,8 g; Açúcares - 7,8 g; Proteínas - 0,47 g; Gorduras - 0,26 g; Fibras - 1,7 g

Para além destes macronutrientes é de realçar o seu elevado teor de vitamina C e de folatos.

segunda-feira, 13 de fevereiro de 2017

PAREM COM AS BOLACHAS


As bolachas têm tudo o que pior faz à nossa saúde: farinhas refinadas pobrezinhas em nutrientes, gorduras hidrogenadas, açúcar e sal. É sempre melhor comprar tostas integrais, não esquecendo de estar de olho no rótulo e ler a lista de ingredientes.

11 VARIEDADES DE TOSTAS DE ABACATE PARA O PEQUENO-ALMOÇO


Recomendo muito nas minhas consultas de emagrecimento e de tratamento da diabetes o abacate para pôr na torrada de manhã ao pequeno-almoço, em alternativa à manteiga e ao queijo. O motivo é que o abacate é um fruto nutricionalmente muito interessante não só pelo seu conteúdo em gordura saudável (maioritariamente monoinsaturada e saturada), mas também porque tem proteínas, muitas vitaminas (A, complexo B, C e E) e minerais como zinco, cobre, ferro e magnésio, imprescindíveis no tratamento e prevenção da diabetes. 
Descobri no site The Kitchn 11 tostas de abacate que recomento só para o pequeno-almoço. Uma tosta destas e uma caneca de café ou chá e ficamos com energia e sem fome até à hora do almoço.  :)

sábado, 11 de fevereiro de 2017

BOLO DE CÔCO E LARANJA SEM AÇÚCAR ADICIONADO

Este bolo delicioso leva apenas três ingredientes, faz-se no microondas e tem um tempo total de preparação de 8 minutos.

Ingredientes
1 laranja inteira descascada
2 ovos inteiros
3 colheres de sopa de côco ralado

Preparação
Coloca-se a laranja descascada e partida aos cubos no copo misturador, junta-se o côco e os ovos. Tritura-se tudo durante 1 ou 2 minutos. Coloca-se num recipiente para microondas e vai a cozer, na potência máxima, cerca de 4 a 5 minutos (o tempo depende de cada microondas).

Descobri esta receita maravilhosa no grupo do facebook Paleodescomplicado, que tem um número invejável de membros superior a 100K.



sexta-feira, 10 de fevereiro de 2017

QUAL O TAMANHO DA FRUTA QUE ESCOLHEM?


Eu compro sempre a fruta mais pequena porque é normalmente mais saborosa, contém uma dose menor de açúcar e ainda por cima é mais barata. E, talvez seja resultante de uma produção biológica. ;)

quarta-feira, 8 de fevereiro de 2017

PALITOS DE CENOURA E BATATA DOCE



Hoje resolvi experimentar a receita de um dos vídeos que publiquei há dias e digo-vos uma coisa, é muito bom e fácil de fazer. A receita, feita à minha moda, levou apenas, para além obviamente da cenoura e da batata doce partidas aos palitos, azeite e rosmaninho. E nem sal levou!
Deixo-vos as fotos de antes e depois da entrada dos palitos no forno previamente aquecido a 180 ºC, por cerca de 25 minutos. ;)

BATATA DOCE, SIM OU NÃO?



Muitas pessoas na consulta me têm perguntado se podem comer batata doce. A resposta é: de vez em quando, em quantidade moderada e de preferência ao almoço. Vamos aos factos: a batata doce contém teores de amido idênticos aos da batata comum, com a diferença de que a primeira tem mais fibra. Isto significa que a assimilação do amido da batata doce pelo nosso organismo é, teoricamente, mais lenta sendo a passagem da glicose para o sangue, resultante da sua digestão, mais gradual. Para quem quer emagrecer ou para os diabéticos este facto pode fazer a diferença. 

quarta-feira, 1 de fevereiro de 2017

PARA O LANCHE

Iogurte natural tipo grego sem açúcar com 1 colher de sobremesa de sementes de chia e metade de uma laranja.

Juntar laranja ao iogurte é uma das minhas combinações favoritas e hoje resolvi inovar adicionando sementes de chia.

Sabia que tiramos mais partido do cálcio dos lacticínios se juntarmos um alimento rico em vitamina C?  E, ao colocarmos um pouco de sementes de chia, acrescentamos valor nutricional ao nosso lanche pois estas são boas fontes de ácidos gordos ómega 3, cálcio e fósforo.