NOVAS RECOMENDAÇÕES ALIMENTARES AMERICANAS com alguma polémica

Afinal, os alimentos que provocavam um aumento do colesterol não provocam nada disso? Os ovos já não são um problema? A gordura não é o pior que se pode ingerir? É um erro trocar o leite gordo pelo magro? O café é bom ou mau? Devemos contar as calorias ou isso não tem qualquer importância?

A cada cinco anos é divulgada nos Estados Unidos uma versão revista das Dietary Guidelines (Recomendações Alimentares) que dão aos norte-americanos conselhos, baseados nos mais recentes conhecimentos científicos, sobre o que comer, de que forma, em que quantidades.

As orientações – que provêm dos Departamentos da Agricultura e Saúde e Serviços Humanos, partindo do trabalho de um comité consultor – servem também como base para todas as iniciativas ligadas à nutrição do Governo norte-americano – incluindo as refeições escolares e os programas de ajuda alimentar aos sectores mais carenciados da população.


Para continuar a ler clique aqui:
http://www.publico.pt/sociedade/noticia/ha-alguma-ciencia-nisto-1720220

Quanto aos hidratos de carbono, mudou muito pouco. É pena que os interesses da indústria alimentar continuem acima dos da saúde pública. unsure emoticon
Postar um comentário

Postagens mais visitadas