A NOVA REVOLUÇÃO NA ALIMENTAÇÃO

Tim Noakes (na imagem), professor da Universidade da Cidade do Cabo, na África do Sul, através do seu livro "The new meal revolution" está a conseguir mudar o paradigma da alimentação que resultou das orientações alimentares implementadas nos Estados Unidos da América (EUA) no final da década de 70.  

"Em 1977, o governo dos Estados Unidos da América publicou as orientações dietéticas e um conjunto de directrizes que defendia uma dieta rica em carboidratos e pobre em gordura, exactamente o oposto da alimentação que temos vindo a seguir desde o tempo dos primeiros hominídeos. Segundo estas directivas, devemos comer seis a onze porções de fornecedores de carboidratos por dia e o açúcar é excelente para adicionar a tudo. Esta dieta foi adoptada na maior parte do mundo ocidental e uma infinidade de produtos magros chegaram às prateleiras dos supermercados. O efeito destas orientações americanas foi desastroso sobre a nossa saúde. Desde o início de 1980 a incidência de obesidade e diabetes tem aumentado a um ritmo galopante." 

Conheça as ideias sobre a alimentação para a saúde que Tim Noakes defende na página criada para o efeito http://realmealrevolution.com/.  A parte das gorduras foi para mim surpreendente, uma vez que a restrição drástica de hidratos de carbono são uma realidade, há uns anos, nos meus planos alimentares de emagrecimento.

No próximo post irei enumerar algumas das orientações alimentares defendidas pelo Professor Noakes.
Postar um comentário

Postagens mais visitadas