sexta-feira, 18 de dezembro de 2015

GRANDES RESULTADOS COM A DIETA PARA SEDENTÁRIOS

Hoje vieram controlar o seu peso cinco pessoas (quatro mulheres e um homem) que, há quinze dias, tiveram a primeira consulta de nutrição comigo.
Habitualmente marco a segunda consulta para um mês depois da primeira para avaliar a redução do peso. Contudo, como vamos festejar em breve o Natal e o Ano Novo, pedi-lhes que viessem antes das festas. Os resultados não podiam ser melhores: em apenas duas semanas de seguimento da Dieta para Sedentários todos eles perderam entre 2 e 4 kg de peso.
Todos saíram do consultório muito felizes e muito animados no seu propósito de perder peso com uma alimentação mais saudável.
Pela minha parte, sinto-me, com essas pessoas tão cumpridoras da minha Dieta, a nutricionista mais feliz do mundo. Bem hajam!

quinta-feira, 17 de dezembro de 2015

SUMO DE LARANJA NATURAL: SERÁ SAUDÁVEL?

A ideia de que o sumo de laranja natural é saudável, está generalizada. De facto, à primeira vista, o sumo de laranja natural parece ter tudo para ser saudável: água, fibras, vitamina C, vitamina A, caroteno e minerais: potássio, cálcio, fósforo e magnésio, mas acaba por conter demasiado açúcar, o que se torna prejudicial. Para se ter uma ideia, de acordo com a Tabela de Composição de Alimentos do Instituto Ricardo Jorge, 200 g de sumo de laranja (um copo) contém cerca de 20 g de açúcar (três pacotes dos que pomos no café). Por outro lado, beber sumo, seja de que tipo for, é a forma mais rápida de ingerir açúcar, pelo que desaconselho vivamente a quem desejar emagrecer. A solução é tomar sumo de laranja de longe a longe e feito com uma única laranja.

quinta-feira, 26 de novembro de 2015

HAPPY THANKSGIVING DAY FOR YOU ALL

To my USA visitors may today be very special. Happy Thanksgiving Day wishes!



quarta-feira, 25 de novembro de 2015

PORQUE É QUE OS NUTRICIONISTAS ESTÃO SEMPRE A MUDAR DE OPINIÃO

Artigo do meu colega e amigo Pedro Graça (na imagem) publicado recentemente na revista Visão. Vale a pena ler!
"Esta é uma pergunta recorrente. Em particular, quando acontecem crises alimentares que põem em causa os nossos hábitos mais ancestrais, como a que se viveu nestes dias com a divulgação do relatório do IARC/OMS sobre a relação entre as carnes processadas e o cancro colorretal.
A carne processada, em particular os enchidos à base de porco, fazem parte da tradição mediterrânica mais antiga e dos hábitos alimentares desta região onde nunca existiu carne em abundância e onde a temperatura favoreceu o consumo de carnes de porco desidratadas à base de sal e fumo. A escassez de proteína fez o resto e transformou estes conservados em referências culturais de toda uma população. Que agora parecem ter sido postas em causa." 
Para continuar a ler clicar aqui:

http://visao.sapo.pt/opiniao/bolsa-de-especialistas/2015-11-24-Porque-e-que-os-nutricionistas-estao-sempre-a-mudar-de-opiniao-


terça-feira, 24 de novembro de 2015

CARNE VERMELHA E PROCESSADA E RISCO DE CANCRO

"CARNE VERMELHA E PROCESSADA, tudo o que ainda não lhe explicaram" é um artigo da revista Prevenir de Dezembro de 2015, já nas bancas, em que colaborei. Saiba tudo sobre consumo de carne e risco de contrair cancro. O artigo está muito completo contendo as quantidades de proteína de vários alimentos de origem animal e vegetal para que, de uma forma informada, o leitor possa fazer as melhores escolhas. Boa leitura ;)

segunda-feira, 23 de novembro de 2015

"RIZZOTTO" (LOW CARB) DE COGUMELOS PORTOBELLO

Receita "low carb"de"rizzotto" sem arroz, em que este foi substituído por couve flor. O resultado foi surpreendente. Vale a pena experimentar. Fazer dieta é uma delícia ;)

segunda-feira, 9 de novembro de 2015

PROGRAMA DE EMAGRECIMENTO EM GRUPO

Acabadinho de editar este vídeo para apresentar no Seminário Atividade, Física Saúde e Bem-Estar, que irá decorrer no período da manhã do dia 11 de Novembro de 2015, no Museu Monográfico de Conímbriga.

quarta-feira, 4 de novembro de 2015

O QUE LER NOS RÓTULOS DOS ALIMENTOS?

A informação sobre o que verdadeiramente interessa quando leres os rótulos dos alimentos que vais comprar é muito capaz de mudar a tua vida, se o teu objectivo é emagrecer.
(clicar nas imagens para as aumentar)

A leitura dos rótulos é muito importante para fazermos as melhores escolhas. A partir de hoje desvia a tua atenção das calorias e das gorduras para a quantidade de hidratos de carbono e de açúcar que o produto contém e que vais ingerir. Nas imagens que se seguem, rótulos de dois iogurtes líquidos e de um iogurte grego, podemos verificar no primeiro caso que a quantidade de açúcar por iogurte é 20 g (Tutti fruti) e 21 g (piña colada) e no segundo caso (iogurte natural tipo grego) a quantidade de açúcar é 5,4 g. Apesar deste último ter mais calorias (155 kcal contra 112 e 118 kcal dos iogurtes líquidos) engorda menos pois as calorias não são todas iguais e as do açúcar são mesmo as piores.


TESTEMUNHO DE QUEM JÁ PERDEU 25 QUILOS


Olá! Chamo-me Luísa e espero que, com o meu testemunho, possa motivar alguém a mudar de vida.

No inicio de 2013, devido a vários fatores, atingi uma obesidade muito grave (120 kg) e decidi dizer “Basta!”. Tentei começar (mais) uma dieta, mas não estava a resultar como queria e então decidi pedir ajuda médica. A minha médica de família levou-me até ao gabinete da Dr.ª Ana Carvalhas.

Nesse dia a minha vida começou a mudar verdadeiramente e há dois anos que perco peso de forma consistente, facto inédito na minha vida porque sempre recuperei o que perdia com outras dietas.

Neste momento faço a “dieta para sedentários” e já há muitos anos que não me sentia com a energia e com a motivação que tenho neste momento. A perda de peso tem trazido mais saúde física mas também mental e emocional. Esta dieta dá-nos vontade de cozinhar em casa, de inventar pratos, de ser criativa. Com esta dieta aprendi que sou intolerante aos hidratos de carbono e a luta passa por aí.

Aprendi a dar mais importância aos rótulos das embalagens e sinto que houve uma desintoxicação em relação ao açúcar (que sempre foi como um vício para mim). É necessário aprender tudo de novo, a fazer compras, a cozinhar, ter atenção às quantidades e respeitar horários.

Outra mudança foi voltar a fazer exercício físico. Fazer exercício em grupos com as mesmas dificuldades ajuda muito. Partilhamos os problemas, mas também as vitórias! As batalhas foram muitas mas vão continuar! É muito importante não desistir! E tudo isto tem de ser encarado como um “estilo de vida”, com hábitos saudáveis e não como uma dieta.

A Dra Ana é muito criativa, ensina-nos e motiva-nos! Tudo o que consegui até agora foi graças ao seu fantástico trabalho! Obrigada!

segunda-feira, 2 de novembro de 2015

CAÇAROLA VEGETARIANA | VEGETARIAN CASSEROLE

A caçarola vegetariana é uma receita de inspiração italiana com baixo teor de carboidratos. É mais uma refeição "Dieta para Sedentários" para fazer segunda-feira depois de aderir ao movimento "Meat free monday - one day a week can make a world of difference".

quinta-feira, 29 de outubro de 2015

CORTAR NO AÇÚCAR É MELHOR DO QUE CORTAR CALORIAS

Cortar no açúcar é mais benéfico do que cortar calorias, diz estudo

Um estudo publicado esta segunda-feira refere que a redução do consumo de açúcar pode melhorar a saúde em apenas nove dias. E que o açúcar faz mal, independentemente das calorias ingeridas.

segunda-feira, 26 de outubro de 2015

YOGURTE NATURAL FEITO EM CASA

Alimentar bem as crianças e os jovens é o melhor investimento na sua saúde.

sexta-feira, 16 de outubro de 2015

50 MÁSCARAS DO AÇÚCAR

Longe vão os tempos em que líamos simplesmente a palavra “açúcar” na lista de ingredientes dos rótulos dos alimentos doces.
Para conhecermos bem o inimigo número um da nossa saúde, elaborei uma lista de cerca de 50 nomes, alguns deles completamente insuspeitos, encontrados em alimentos à venda em Portugal.

PIRÂMIDE DA ALIMENTAÇÃO SAUDÁVEL

Esta é a Pirâmide da Alimentação Saudável adoptada por mim nas minhas consultas. Este é o caminho a seguir pelos que precisam e querem emagrecer e reconquistar a saúde baixando o colesterol e a resistência à insulina que leva à diabetes tipo 2.

segunda-feira, 12 de outubro de 2015

ESPAGUETE VEGETAL TRICOLOR

O espaguete vegetal tricolor é uma receita "low carb" ideal para substituir o verdadeiro espaguete, o arroz ou a batata na refeição. Fica bem para acompanhar tanto peixe, como carne ou como parte de uma refeição vegetariana. Até as crianças, muitas delas avessas a comer legumes, vão gostar. Prometo!

domingo, 4 de outubro de 2015

COURGETE SALTEADA COM ALHO

Courgete salteada com alho é um acompanhamento com baixo teor de carboidratos ("low carb"), óptimo para quem está a fazer a Dieta para Sedentários. Experimentem ;)

sexta-feira, 2 de outubro de 2015

5 SNACKS PARA LEVAR PARA O TRABALHO

5 snacks para levar para o trabalho, agora em vídeo.

segunda-feira, 14 de setembro de 2015

5 FRUTAS MENOS DOCES

Estas podemos comer mais à vontade ;)

5 FRUTAS MAIS DOCES


Estas devem ser comidas com muita moderação ;)





sexta-feira, 11 de setembro de 2015

AUTÓPSIA AOS NUGGETS DE FRANGO

Um grupo de investigadores do Mississipi teve a ideia de "autopsiar" Nuggets de duas conhecidas cadeias de fast food e chegaram à conclusão que apenas 40-50% é de facto carne. O resto é gordura adicionada, tecido conjuntivo, osso triturado, e até epitélio... das vísceras. A composição nutricional: 55% gordura, 25% hidratos de carbono, e 20% proteína.
Pelos vistos, os nuggets são tudo menos peito de frango :(  
O famoso chef britânico Jamie Oliver mostra neste vídeo como se fazem:

quarta-feira, 5 de agosto de 2015

domingo, 2 de agosto de 2015

DIETA PARA SEDENTÁRIOS NO FACEBOOK

A minha página no facebook, Dieta para Sedentários, está cheia de boas sugestões. A visita começa aqui: https://www.facebook.com/dietaparasedentarios

terça-feira, 28 de julho de 2015

SALADA DE TOMATE E MOZZARELLA

Hoje o meu almoço foi vegetariano. Depois de uma saborosa sopa de agrião, preparei esta salada de tomate com um queijo mozzarella de búfala, azeitonas e manjerico. O tempero foi azeite virgem extra e vinagre de vinho branco, ambos nacionais.

segunda-feira, 27 de julho de 2015

COURGETES RECHEADAS COM ATUM

Esta receita é idêntica à das courgetes recheadas com carne picada, mas é feita com atum. Leva os mesmos ingredientes, os mesmos temperos e os mesmos tipos de queijo. Cozinha-se o atum, como se cozinha a carne para bolonhesa. Depois receiam-se as courgetes, coloca-se o queijo e vai ao forno para gratinar. Fica muito bom!

O MITO DO COLESTEROL

Vale a pena ler "O mito do colesterol", artigo de opinião de Manuel Pinto Coelho, publicado ontem no jornal Público.

Se o aumento da taxa de colesterol é um meio que o organismo encontra para se proteger, então baixar a sua taxa com medicamentos não parece boa ideia.
Ler mais aqui

sábado, 25 de julho de 2015

REVISTA PREVENIR PÁGINA 66

Querem saber o que penso sobre os iogurtes? Revista Prevenir de Agosto, página 66.

sexta-feira, 24 de julho de 2015

Queques de bacon, ovo, alho francês e espinafres

Os queques de bacon, ovo, alho francês e espinafres são uma boa opção para o pequeno-almoço ou lanche. A receita é simples: forram-se as formas antiaderentes com o bacon. Bate-se um ovo por cada queque e coloca-se nas formas que devem ficar meio cheias. Em seguida juntam-se algumas rodelas de alho francês e folhas de espinafre. Levam-se ao forno pré-aquecido a 180ºC, cerca de 20 minutos. Estão prontos!



quinta-feira, 23 de julho de 2015

ALMOÇO PARA SEDENTÁRIOS

Aqui está mais uma sugestão para o almoço: dourada grelhada com feijão verde e cenoura cozidos, tudo temperado com um fio de azeite e vinagre.


quarta-feira, 22 de julho de 2015

E SE A DIABETES TIPO 2 FOR REVERSÍVEL?

É habitual considerar-se a diabetes tipo 2 como uma doença crónica progressiva, mas novos factos têm revelado que tal não é inteiramente verdade. Vários doentes diabéticos que reduziram drasticamente o açúcar e os carboidratos da sua alimentação perderam peso, reduziram a gordura corporal e fizeram exercício físico, tendo assim conseguido que a diabetes entrasse em remissão. Agora já não precisam de medicamentos para a tratar. De facto a diabetes tipo 2 é uma doença com origem alimentar, pelo que necessita de tratamento dietético.

Vamos aos factos. A diabetes tipo 2 é uma doença provocada pela elevada resistência à insulina que leva ao aumento da glicose no sangue (glicémia). O tratamento  instituído para tratar a diabetes tipo 2 consiste em  medicação para baixar os níveis da glicémia. Por outras palavras o alvo do tratamento da diabetes tipo 2 é a glicémia, mas devia ser a insulino-resistência. Para se perceber tudo melhor, vou dar um exemplo: quando temos uma infecção na garganta, devemos tratar essa infecção usando um antibiótico que vai actuar sobre os microorganismos que a causam. Mas um sintoma da infecção é o aparecimento de febre. Se só tratarmos a febre esquecendo a infecção, não trataremos a doença e esta progredirá. Com a diabetes tipo 2 passa-se precisamente o mesmo: estamos a tratar o excesso de açúcar no sangue, o sintoma, quando deveríamos tratar o aumento da resistência à insulina, a doença. De facto, a resistência à insulina progride, tornando-se crónica. O tratamento começa com um tipo de medicamento, normalmente metformina, continua para dois tipos de medicamentos, introduzindo-se mais tarde a insulina. Em 5, 10 ou 15 anos o doente está hipermedicado e cada vez mais doente, mesmo que tenha as glicémias controlodas.

A diabetes tipo 2 é uma doença do foro dietético e nutricional. Os doentes diabéticos tipo 2 que resolverem cortar os açúcares e carboidratos da alimentação, emagrecer e fazer mais exercício físico estão a fazer o melhor tratamento para a sua resistência à insulina. Em pouco tempo verão os valores da sua glicémia diminuir. Percebe-se facilmente que há mais vantagens neste método de tratamento da diabetes tipo 2 e de controlo das glicémias do que na procura do mesmo resultado à força, através de medicamentos. Além disso, não faz sentido nenhum administrar mais insulina a uma pessoa diabética tipo 2 que, em geral, tem excesso de insulina em circulação. A insulina dá-se sim aos diabéticos tipo 1 que não a produzem em quantidade suficiente.

Se o leitor é diabético e está a ser tratado com algum tipo de dieta ou apenas com metformina, não corre risco de ter hipoglicemia, podendo iniciar a redução dos carboidratos da alimentação que aumentam a sua glicémia. Idealmente, esta alteração deve ser realizada sob a vigilância do nutricionista e do médico. Mas pode começar hoje mesmo!


segunda-feira, 20 de julho de 2015

THAT SUGAR FILM

"That sugar film" é um documentário sobre os perigos do açúcar da autoria do realizador e actor australiano Damon Gameau, que estreou recentemente no Reino Unido. Gameau ingeriu diariamente 40 colheres de sopa de açúcar, a média estimada de consumo diário de um adolescente, e, em apenas três semanas, desenvolveu fígado gordo. Partilho o trailer oficial do filme que estreará brevemente nos Estados Unidos (31 de Julho), enquanto anseio pela estreia no nosso país:


quinta-feira, 9 de julho de 2015

COURGETE RECHEADA

Esta é uma receita deliciosa  para  sedentários: courgete recheada com carne picada e queijo mozzarella. 
Lavam-se bem as courgetes e partem-se ao alto. Com uma colher retirar o interior e reservar. Num tacho cozinha-se a carne picada com cebola, tomate, cenoura, interior da courgete e temperos a gosto.
Recheiam-se as courgetes com a carne e cobre-se com um pouco de queijo mozzarella para gratinar. Colocam-se as courgetes recheadas numa assadeira untada com azeite e vai ao forno pré-aquecido a 180¤C cerca de 20 minutos. 
Fazer dieta  é  uma delícia!  

quarta-feira, 8 de julho de 2015

BEBIDAS DOCES MATAM 184 MIL ADULTOS POR ANO

De acordo com um estudo publicado na revista Circulation, as bebidas doces como refrigerantes, sumos e néctares matam 184 mil adultos por ano porque são causa de doenças como diabetes, doenças cardíacas e cancro.

segunda-feira, 6 de julho de 2015

SALADA DE ATUM PARA SEDENTÁRIOS

Salada de atum, ovo cozido, feijão verde e cenoura temperada com um fio de azeite e vinagre.

quarta-feira, 1 de julho de 2015

ALMOÇO PARA SEDENTÁRIOS

Bife enrolado com ovo cozido e folha de couve.

segunda-feira, 22 de junho de 2015

BIFE DE FRANGO COM PESTO, TOMATE E MOZZARELLA

O modo de confecção está à vista. Depois de colocados os ingredientes ( o molho pesto que usei é do Pingo Doce) vai ao forno pré-aquecido a 180 ¤C durante cerca de 15 minutos. Acompanha com uma salada de alface. Muito bom!

sábado, 20 de junho de 2015

TESTEMUNHO DE QUEM JÁ PERDEU 40 QUILOS

A Rita (nome fictício) perdeu 40 quilos em 15 meses. É um caso de  sucesso no tratamento da obesidade mórbida que mostra que, quando há motivação, não há necessidade de recorrer a cirurgia. Eis o depoimento dela sobre o seu caso:

"O incêndio na Serra do Caramulo, que consumiu completamente a minha aldeia natal e deixou isolada a população durante uma noite e um dia, fez-me perceber que tinha que mudar. O cansaço e a dificuldade em respirar naquele ambiente tão poluído demonstraram-me que os meus 130 quilos me estavam a “sufocar”.

Claro que dar o primeiro passo nunca é fácil, até porque os hábitos de uma vida – já fui uma criança 'gordinha' – são muito difíceis de mudar. Levei algum tempo a mentalizar-me e, cerca de cinco meses depois do incêndio, em março de 2014, resolvi pedir ajuda e marquei consulta no Centro de Saúde de Eiras. Devo dizer que tive uma motivação adicional – o meu marido tinha deixado de fumar. Assisti à sua luta e pensei que a minha vida, a dele e a da nossa filha, também merecia semelhante esforço da minha parte.

Tinha então 130 quilos e 37 anos.

Hoje, cerca de 39 quilos mais leve, até me custa a acreditar que estou a conseguir. E sublinho estou porque hoje consigo ter noção de que esta nunca será uma batalha terminada. Tenho perfeita consciência de que se não for rigorosa com a alimentação e comigo mesma, a determinação que me tem feito perder sempre peso nestes cerca de 15 meses de pouco adiantará.

Mas, acima de tudo, tenho perfeita noção de que consigo viver perfeitamente sem batatas, arroz, massas e afins. Com a Dr. Ana Carvalhas, mudei de hábitos alimentares. Eliminei praticamente os hidratos de carbono da minha alimentação e como essencialmente carne e peixe, acompanhados de legumes. Limitar o consumo de pão continua a ser o mais difícil mas, como as opções são muitas, habituei-me a comprar pão integral e/ou escuro.

Cozinho da mesma forma que antes, com alguns cuidados que me foram dados nas consultas, e na hora de servir apenas excluo da minha refeição os hidratos de carbono.

Aprendi também que não preciso de ser “escrava” da dieta. Em dias festivos ou eventos sociais esqueço as limitações e sirvo-me do que me apetecer. Sei que o meu organismo não vai aceitar nem metade do que aceitava antes mas, mesmo assim, sei que estou a dar-lhe mais do que devia. No dia seguinte procurarei corrigir os erros cometidos.

Uma das minhas grandes conquistas é essa. Saber que posso desfrutar do prazer da comida sem me sentir culpada. Consegui educar a minha mente e, pela primeira vez – depois de tantas tentativas de dieta em que perdi 10 e ganhei 11 -, consciencializei-me de que não estou de dieta. Esta é a alimentação e o estilo de vida que tenho que manter sempre, pela minha saúde e qualidade de vida.


Hoje sinto-me nova, com mais autoestima e com mais energia. Portanto, só tenho a agradecer - a mim mesma pela determinação, ao meu marido e filha que sempre me estimularam e se mostram orgulhosos do meu esforço e à Dr. Ana que me tem acompanhado sempre e festeja comigo cada um destes quilos perdidos."

DIETA BAIXA EM CARBOIDRATOS ( LCHF DIET)

quinta-feira, 18 de junho de 2015

CARBOIDRATOS PIORES QUE GORDURAS

Artigo do jornalista Luís Santos publicado há dias no Campeão das Províncias. (clicar na imagem para a aumentar)


ALMOÇO PARA SEDENTÁRIOS

Esta salada de frango grelhado, abacate, tomate e manjericão, temperada com um fio de azeite e umas gotas de sumo de limão é uma bela sugestão para o almoço.





terça-feira, 16 de junho de 2015

Não é um pão que te faz engordar...

Não é um pão por dia que faz engordar. Trocámos o pão de bico por pão de forma sem côdea ou, pior ainda, por cereais de pequeno-almoço carregados de açúcar e feitos com amido de milho e outras farinhas refinadas.

Não é a falta de exercício que te faz engordar

A mensagem que a indústria alimentar quer fazer passar é que as pessoas engordam porque não se mexem.  Mas não é verdade. O que engorda são as quantidades excessivas de açúcar que colocam nos alimentos para os tornarem apetecíveis e viciantes. Nas últimas décadas o que mudou foram os hábitos alimentares e não os de actividade física. Sempre houve sedentários.

segunda-feira, 15 de junho de 2015

IOGURTE GREGO NATURAL SEM AÇÚCAR, IDEAL PARA DIETA

O Iogurte grego natural sem açúcar, marca Continente, é uma boa opção na dieta para sedentários. Porquê? Se olharem para o rótulo vêem que tem apenas 2,6 gramas de açúcar por 100 gramas de iogurte. Pode ter ligeiramente mais gordura, mas esta é importante para ficarmos mais saciados.

Não é a gordura que te faz engordar, é o açúcar.

SALADA DE ATUM, TOMATE, PEPINO E AZEITONAS

Mais uma sugestão para um almoço fácil e rápido de preparar. Os ingredientes estão à vista: atum em posta, alface, pepino, tomate e azeitonas.

segunda-feira, 1 de junho de 2015

SESSÃO DE AUTÓGRAFOS NA FEIRA DO LIVRO DE LISBOA

No próximo domingo, dia 7 de Junho às 17h00 estarei na Feira do Livro de Lisboa, no pavilhão da editora Gradiva para assinar o meu livro "Emagrecer é...". Para os interessados o livro contém as principais dicas sobre o que fazer para emagrecer, agora que o Verão está à porta. Conto com a presença de todos os que me seguem aqui, no Comerbemateaos100. Até lá! 


sexta-feira, 29 de maio de 2015

POR QUE ENGORDAMOS?

Os primeiros hominídeos evoluíram ao longo de milhões de anos alimentando-se do que a Natureza lhes dava: peixe, carne, ovos, bagas e partes aéreas das plantas. O desenvolvimento do cérebro humano terá sido favorecido por uma alimentação que fornecia essencialmente gorduras e proteínas extraídos dos animais que o homem primitivo caçava e pescava.

A introdução em 1977 das novas orientações alimentares para os americanos, baseadas numa dieta rica em carboidratos e pobre em gorduras, precisamente o oposto da alimentação que fizemos ao longo de milhões de anos, teve um efeito desastroso na nossa saúde. A obesidade, diabetes tipo 2, síndrome metabólica e cancro tem aumentado de forma galopante na população da maioria dos países ocidentais, atingindo valores nunca antes vistos. De facto é comum considerar que as gorduras saturadas são a principal causa de obesidade, doenças cardiovasculares e diabetes, mas, na realidade, não há nenhum estudo que o comprove. Esta ideia de que as gorduras saturadas são o principal inimigo da nossa saúde cardíaca surgiu de um estudo realizado nos anos 50 do século XX sobre a relação entre o consumo de gorduras saturadas e a incidência de doenças cardiovasculares na população de dezenas de países. Todos acreditaram nas conclusões do autor desse estudo, Ancel Keys, e ninguém reparou que ele eliminara da sua estatística países como a Noruega e a Holanda, que, apesar de apresentarem consumos elevados de gorduras saturadas, tinham baixíssima incidência de problemas cardiovasculares. Por outro lado, eliminou também do estudo países como o Chile, que apesar de consumirem poucas gorduras saturadas tinham uma elevada incidência deste tipo de doenças. As conclusões, feitas à custa da manipulação dos resultados, ditaram as orientações nutricionais sobre as gorduras nas últimas décadas. Em particular, fizeram-nos temer as gorduras saturadas presentes nas carnes, lacticínios e ovos.

São numerosos os estudos que mostram queos carboidratos prejudicam mais a saúde do que as gorduras saturadas aumentando os níveis de açúcar e colesterol sanguíneo, e promovendo a diabetes tipo 2, as doenças cardiovasculares e o cancro. Tudo leva a crer que uma dieta bem formulada com baixo teor de carboidratos melhora a glicémia, o colesterol e os triglicerídeos do sangue e reduz os processos inflamatórios, evitando o recurso a medicação.

A Suécia foi o primeiro país ocidental a emitir orientações que rejeitam o dogma da dieta baixa em gorduras em favor da redução dos carboidratos e aumento das gorduras na alimentação. Essa mudança das orientações nutricionais seguiu-se à publicação de um estudo realizado pelo Conselho Sueco Independente de Avaliação das Tecnologias da Saúde, depois de rever 16.000 trabalhos científicos publicados até Maio de 2013. Daí resultou a proposta de uma nova pirâmide alimentar, recomendada desde 2013, onde os fornecedores de carboidratos como os cereais, tubérculos e leguminosas estão no topo e os legumes, com valores quase residuais deste macronutriente, são a base da alimentação.

Engordamos porque ingerimos demasiados carboidratos. Em vez de olharmos para os teores de gorduras dos alimentos, deveríamos antes olhar para o teor de açúcar e de outros carboidratos.

quarta-feira, 27 de maio de 2015

sexta-feira, 22 de maio de 2015

TOSSE, DOR DE GARGANTA? Passe no supermercado

As diferenças bruscas de temperatura que temos sofrido ultimamente deixaram muitas pessoas com rouquidão, tosse ou dor de garganta. Se é este o seu caso, passe no supermercado e compre uma embalagem de gengibre cristalizado. Estes pedaços de gengibre são os "comprimidos" para a tosse ou dor de garganta que usamos cá  em casa, com muito bons resultados. O sabor picante e as propriedades anti-inflamatórias do gengibre fazem sentir um alívio na garganta quase imediato. Vão por mim!