É URGENTE REDUZIR O SAL DA ALIMENTAÇÃO DAS CRIANÇAS


Um relatório recentemente publicado pelo Center for Disease Control and Prevention , refere que 9 em cada 10 crianças nos Estados Unidos comem mais sódio do que o recomendado. A maioria deste sódio está nos alimentos processados.

Sabemos que o perigo de uma dieta rica em sódio é que este faz aumentar a pressão arterial e a prova disso é que, como podemos ler no relatório, 1 em cada 6 crianças americanas com idades entre os 8 e os 17 anos têm pressão arterial elevada.

A pressão arterial elevada é um importante factor de risco para doença cardíaca e derrame.

A redução de sódio na dieta das crianças de hoje pode ajudar a prevenir as doenças cardíacas de amanhã especialmente para aqueles que também têm sobrepeso.

O gosto pelo sal é estabelecido, muito cedo, através da alimentação. Os pais e encarregados de educação têm aqui um papel essencial podendo ajudar a diminuir o sódio influenciando a forma como os alimentos são produzidos, vendidos, preparados e servidos.

É fundamental previlegiar refeições mais ricas em legumes e fruta, confeccionadas em casa e servir lanches preparados com alimentos simples como leite ou iogurte, pão e fruta.

Postar um comentário

Postagens mais visitadas