PROPRIEDADES MEDICINAIS DA CANELA


A árvore da canela, que pode chegar a medir 15 metros de altura, é originária do sul da Índia e do Sri Lanka. A canela em pau é a casca retirada dos ramos finos desta árvore que, ao secar, se enrola, ganhando a forma tubular. Os resíduos e as cascas quebradas são moídos para se obter a canela em pó.

A canela tem na sua composição fibras, minerais, vitamina C, tiamina, niacina, mucilagem, ferro, potássio, sódio, cálcio, fósforo, ácidos, óleos essenciais, taninos, baunilha, entre outros.

Principais usos medicinais

Aparelho digestivo
Alguns dos seus componentes como os óleos essenciais, estimulam a salivação e os sucos gástricos facilitando a digestão, e por isso, do ponto de vista medicinal, é usada para melhorar a digestão, a acidez, os vómitos, a aerofagia e a falta de apetite.

Diabetes
Um estudo publicado no American Journal of Clinical Nutrition mostrou que, em diabéticos, o consumo de canela à refeição reduz a glicémia pós-prandial e retarda o esvaziamento gástrico o que prolonga a sensação de saciedade.

Aparelho respiratório
A canela possui propriedades antibacterianas, expectorantes e anti-inflamatórias, podendo ser usada no tratamento de bronquite, resfriados e tosse. O uso desta planta ajuda a expelir as secreções e reduz a inflamação.

Aparelho circulatório
A canela possui agentes anti-agregantes, anti- escleróticos e anti-trombóticos que são bons para a circulação sanguínea. Pode ser usada em tratamentos de má circulação periférica e frieiras.






2 comentários

Postagens mais visitadas