OMS divulga novas orientações para o consumo de sal

A Organização Mundial da Saúde (OMS) divulgou novas orientações para o consumo de sódio (sal) e potássio para adultos e crianças.
O relatório sugere que os adultos reduzam a ingestão de sal para menos de 2 g e aumentem a ingestão de potássio para pelo menos 3,5 g por dia.

O sódio encontra-se naturalmente em todos os alimentos, mas está presente em grandes quantidades nos produtos processados como pão, caldos de carne, bacon, snacks, refrigerantes, doces e bolachas, sopas instantâneas e molhos (o molho de soja é particularmente salgado).

O potássio está presente em alimentos vegetais como feijão, legumes e frutas. O processamento reduz a quantidade de potássio e aumenta a quantidade de sódio em muitos produtos alimentares. Como se consomem cada vez mais produtos alimentares processados, este é o principal motivo porque actualmente a maioria das pessoas consome pouco potássio e muito sódio. Deste quadro resulta um aumento do risco de sofrer de hipertensão o que por sua vez eleva o risco de doença cardíaca e acidente vascular cerebral.

"Estas diretrizes também se aplicam a crianças com mais de 2 anos de idade. Isto é crítico porque as crianças com hipertensão muitas vezes se tornam adultos com pressão arterial elevada", afirma director do Departamento de Nutrição para Saúde e Desenvolvimento da OMS, Francesco Branca.

Postar um comentário

Postagens mais visitadas