SALA DE CONSULTA # 15: A Fase de Manutenção

A fase de manutenção do peso é tão importante como a fase de emagrecimento e por isso, para um grande número de pessoas, manter a visita regular ao nutricionista é muito importante. O que costumo fazer, na maioria dos casos, é marcar duas consultas por ano e, pelo que me têm dito os que tenho tratado, este compromisso faz toda a diferença na manutenção do comportamento alimentar e nos hábitos de exercício físico recomendados.

A Sofia esteve ontem na consulta e anda cá desde 2010. Chegou com um quadro de obesidade no seu início (obesidade grau 1, IMC=30 kg^m2) e atingiu o que consideramos ser o seu peso ideal no espaço de nove meses (IMC=24 kg^m2). Entrou, por isso, na fase de manutenção. Ela tem-se aguentado com oscilações no peso na ordem dos dois, três quilos. Expliquei-lhe que era necessário controlar o peso e que sempre que aumentasse ela saberia porquê, saberia exactamente quais os alimentos que passou a comer que fizeram com que ganhasse peso. Disse-lhe também que o aumento de três quilos é o limite máximo. A partir daqui, nem mais uma grama, parando imediatamente de comer os alimentos responsáveis pelo ganho de peso e voltando a praticar exercício, para perder os quilos adquiridos. E é o que tem feito.

Ontem, quando a Sofia se pesou, tinha um quilo extra e disse-me que já tinha perdido um. Engordou porque andava com uma vontade imensa de comer pão na hora do lobo, acabando por ceder à sua vontade de forma continuada. Entretanto leu aqui no blog o exemplo da Cristina e passou também a comer sopa, em vez do pão, às seis da tarde quando chegava a casa. Depois calçava os ténis, pegava no cão, um labrador retriver, e ía correr. Resultado já perdeu peso e recuperou o ânimo. 

Nos meses de Outono e Inverno, quando está frio, é normal sentirmos necessidade de alimentos ricos em hidratos de carbono, como o pão, ou pior, os bolos, bolachas e doces, porque são estes que facilmente o organismo transforma em energia calorífica necessária para nos mantermos quentes. Podemos ceder de vez em quando, mas sempre atentos ao peso. Se estivermos a aumentar, o melhor é confortar-nos com um prato de sopa como fez a Cristina, a Sofia e até eu passei a fazer isso. Acreditem, sabe mesmo bem.
Postar um comentário

Postagens mais visitadas