SALA DE CONSULTA # 12: Apneia do sono

A apneia obstrutiva do sono caracteriza-se pela existência, durante o sono, de paragens de respiração. As pessoas com esta doença, mais frequente nos homens do que nas mulheres, têm um ressonar intenso. As paragens da respiração durante o sono resultam de um colapso da faringe. As causas podem estar relacionadas com a  constituição anatómica da faringe, mas também existem causas externas, como o excesso de peso, consumo de bebidas alcoólicas, sobretudo à noite, tabaco, sobrealimentação ao jantar e consumo de medicamentos para dormir.

O Francisco apareceu na minha consulta em Março com o diagnóstico de apneia obstrutiva do sono. Tem 44 anos, apresentava obesidade grau 1, IMC = 32 kg/m^2, e vinha, por aconselhamento do pneumologista, determinado a reduzir peso a fim de evitar o uso diário e vitalício de um aparelho de ventilação nasal para dormir, idêntico ao da imagem.

Passaram oito meses desde a primeira consulta e o Francisco já diminuiu doze quilos devido aos hábitos alimentares que adquiriu e ao exercício físico. Conseguiu arranjar tempo para praticar natação três vezes por semana e faz jogging ao fim-de-semana. Já parece mais novo e não se sente cansado, nem adormece facilmente durante o dia, sintomas que o levaram ao médico quando lhe foi diagnosticada a apneia obstrutiva do sono. Ele irá em breve consultar o pneumologista e, tanto ele como eu, estamos ansiosos pela nova avaliação. Será que resolveu o problema? Vamos ver...   

Tal como ao Francisco, e independentemente da causa da apneia obstrutiva do sono, os médicos aconselham sempre os doentes com excesso de peso a reduzi-lo.  

NOTA: Os casos aqui contados na rubrica "Sala de Consulta" baseiam-se em casos reais, mas todos os nomes são trocados, assim como alguns pormenores são alterados, para garantir a absoluta privacidade dos doentes.
Postar um comentário

Postagens mais visitadas