SALA DE CONSULTA # 10: As castanhas têm açúcar?

"-Ó Doutora as castanhas têm açúcar?" Esta foi a pergunta que a Lígia, uma diabética tipo 1 adquirida recentemente, me fez quando entrou na minha sala. "-é que ontem comi castanhas ao jantar até ficar consoladinha, mas quando me fui deitar sentia-me esquisita e fui medir a glicémia. Assustei-me, porque estava muito aumentada, quase nos 400mg/dL."

As castanhas não têm açúcar, mas têm amido, muito amido. Chegam a ter duas vezes mais amido do que as batatas. Por isso os diabéticos têm que ter evitar comer muitas. Os diabéticos lucram em saber que, quanto ao teor de hidratos de carbono, seis castanhas equivalem a um pão. Não devem comê-las sem mais. Nem devem cozinhá-las demasiado para que o amido não fique todo pronto a ser assimilado. Por exemplo, as castanhas assadas que se vendem na rua, são mais encruadas e, portanto, têm um índice glicémico mais baixo, isto é, não fazem subir tanto a glicémia.

Foi isto que expliquei à Lígia, e ela ficou pensativa, certamente a fazer as contas a quantos pães, em equivalência, teria comido na véspera.

NOTA: Os casos aqui contados na rubrica "Sala de Consulta" baseiam-se em casos reais, mas todos os nomes são trocados, assim como alguns pormenores são alterados, para garantir a absoluta privacidade dos doentes.
Postar um comentário

Postagens mais visitadas