CASOS DE SUCESSO #1

O senhor António (nome fictício) é um homem de 36 anos que frequenta a minha consulta desde Abril e que perdeu, até hoje, 15 kg. Foi enviado à consulta pelo seu médico de família por apresentar obesidade mórbida (IMC = 43,8 kg/m2) com hipertensão arterial associada. Cansava-se facilmente a subir escadas e até apertar os sapatos era complicado para o senhor António. 

Dei-lhe uma lista de alimentos a evitar, que são os que têm mais gordura e açúcar e que têm índice glicémico elevado, isto é, alimentos normalmente produzidos com farinhas refinadas que rapidamente se transformam, depois de digeridos, em glicose. Corrigi-lhe os erros alimentares e organizei um plano alimentar de baixo índice glicémico ajustado ao seu horário de trabalho. Prometeu-me que caminharia todos os dias 60 minutos como parte do seu tratamento. Um mês depois, na segunda consulta, tinha menos sete quilos e hoje, quando passaram mais oito semanas, apareceu-me com menos oito quilos. A tensão arterial diminuiu para valores considerados normais e o IMC baixou para 38,7 kg/m2. O senhor António já não tem obesidade mórbida e, apesar de ainda ser obeso,  sente que readquiriu alguma qualidade de vida. Regressa à consulta em Setembro e levou como objectivo diminuir o seu peso de cinco quilos. Obter esse resultado será a sua maior motivação.

O senhor António passou a alimentar-se de forma equilibrada e saudável e já sabe que deverá comer sempre assim  ao longo de toda a sua vida. Irá perder peso até o organismo estar em equilíbrio energético entre o que ingere e o que gasta nas suas actividades. Nessa altura terá atingido o seu peso ideal, que deverá manter.

1 comentário

Postagens mais visitadas