LEITE DOS AÇORES: O melhor leite... até para emagrecer

Todos sabemos que o leite é um alimento completo, com alto valor nutricional que está ligado à alimentação humana desde o nascimento. Mas o leite não é todo igual. A sua composição varia, entre outros factores, com a raça, período de lactação, época do ano e alimentação dos animais. A gordura do leite, por exemplo, é o constituinte que mais sofre variações em função da alimentação e é também a característica que mais diferencia e valoriza os produtos lácteos. Um leite produzido a partir de animais alimentados à base de pastagens, como acontece nas bonitas ilhas dos Açores, apresenta uma composição de ácidos gordos mais saudável. Este leite apresenta valores de ácido linoleico conjugado (CLA, na sigla em inglês) mais elevados do que aqueles oriundos de animais que se alimentam, essencialmente, de concentrados (rações).

Vários estudos têm demonstrado que o CLA confere vários benefícios para a saúde nomeadamente na prevenção da obesidade, bem como da diabetes tipo 2 e do cancro, melhora a fixação de cálcio nos ossos, diminui a quantidade de LDL-colesterol (o mau colesterol) e aumenta a quantidade do HDL-colesterol (o bom colesterol) diminuindo assim o risco de acidentes vasculares cerebrais e doenças cardíacas.

Como se isto não bastasse, o CLA é capaz de inibir o mecanismo que leva o nosso corpo a acumular gordura e faz com que este use as nossas reservas de gordura como fonte de energia. Quer isto dizer que quando fazemos exercício físico com o objectivo de emagrecer, fica mais fácil a mobilização das gorduras de que nos queremos livrar.

Estes são motivos suficientes para considerar o leite dos Açores, que sabemos provir de animais alimentados em pastagens, o melhor leite, até para emagrecer!

Sítios consultado:
http://qnesc.sbq.org.br/online/qnesc06/quimsoc.pdf
http://repositorio.ipcb.pt/bitstream/10400.11/282/1/REL_SANDRA_OENG.pdf
1 comentário

Postagens mais visitadas