Cacau protege contra o cancro do cólon

Sempre que há notícias dos benefícios do chocolate para a saúde elas vêm parar aqui ao "Comer Bem até aos 100". Em primeiro lugar porque gosto de chocolate e em segundo lugar porque sei que não estou sozinha. Mas eu controlo-me: como SÓ um quadradinho por dia. Mas vamos à notícia:

Comer cacau pode ajudar a prevenir problemas intestinais graves, como o cancro do cólon. Segundo um estudo publicado no Molecular Nutrition & Food Research, o cacau, principal ingrediente do chocolate, tem substâncias eficazes para proteger o intestino contra o stress oxidativo (sobrecarga de substâncias que causam prejuízos à estrutura de componentes celulares) e contra a proliferação de células cancerígenas.

Coordenado por cientistas do Instituto de Ciência, Tecnologia e Nutrição Alimentar (ICTAN na sigla em inglês) em  Espanha, o estudo reconheceu o cacau como uma excelente fonte de flavonóides, incluindo procianidinas, catequinas e epicatequinas, que podem ajudar a prevenir doenças cardíacas e cancro (principalmente o colorretal). As catequinas e epicatequinas também são encontradas no chá.

“Por estar exposta a diferentes toxinas, a mucosa intestinal é muito suscetível a desenvolver algumas doenças”, diz María Ángeles Martín Arribas, coordenadora do estudo. O estudo, realizado com ratinhos, confirmou pela primeira vez o potencial efeito protetor que os flavonóides do cacau têm em relação ao cancro do cólon. Durante oito semanas os ratinhos foram alimentados com uma dieta enriquecida em cacau (12%), além de induzirem a carcinogénese (processo de formação do cancro). De acordo com a coordenadora María Ángeles, quatro semanas após a administração do composto químico azoximetano para a indução da carcinogénese, apareceu muco intestinal de lesões pré-malignas neoplásicas. “Essas lesões são chamadas de ‘focos de criptas aberrantes’ e são consideradas como bons marcadores para o cancro do cólon”, disse.

Os resultados do estudo mostram que os ratos alimentados com cacau tinham um número significativamente menor de criptas no cólon induzidas pela carcinogénese. Tinham ainda uma melhoria nas suas defesas antioxidantes e uma redução nos danos oxidativos nas células.

A conclusão dos cientistas é que o efeito protetor do cacau consiste em parar as vias de sinalização das células responsáveis pela proliferação celular e, assim, evitar a formação de tumores. Embora sejam necessários mais estudos  para descobrir qual é o composto do fruto responsável por tais efeitos, os autores consideram que uma dieta rica em cacau aparenta reduzir o stress oxidativo e os riscos de cancro do cólon.

Fonte
Imagem
Postar um comentário

Postagens mais visitadas