Baixos níveis de vitamina D estão associados à depressão


Um novo estudo ajuda a esclarecer resultados contraditórios sobre a relação entre a vitamina e a condição psicológica. Psiquiatras do UT Southwestern Medical Center que trabalham junto com o Cooper Center Longitudinal Study, nos Estados Unidos, apontam para que baixos níveis de vitamina D estejam associados à depressão.

No presente estudo, publicado na Mayo Clinic Proceedings, os investigadores descobriram que baixos níveis de vitamina D estão associados a sintomas depressivos, principalmente em pessoas com história de depressão. Estes achados sugerem que os pacientes dos cuidados de saúde primários com um histórico de depressão podem ser alvo importante para a avaliação dos níveis de vitamina DO estudo não relatou se o aumento dos níveis de vitamina D reduziu os sintomas depressivos, pelo que Sherwood Brown, professor de Psiquiatria e autor sénior do estudo, afirmou que "as nossas descobertas sugerem que a triagem para os níveis de vitamina D nos pacientes deprimidos (e talvez de triagem para depressão nas pessoas com níveis baixos de vitamina D) podem ser úteis. Mas ainda não temos informações suficientes para recomendar suplementos".
Falta ainda perceber se o nível baixo de vitamina D contribui para os sintomas de depressão ou se a depressão em si contribui para diminuir os níveis de vitamina D, ou o modo como isso acontece quimicamente. Mas a vitamina D pode afetar os neurotransmissores, os marcadores inflamatórios e outros fatores, o que ajuda a explicar a relação com a depressão, disse Brown, que lidera o programa de pesquisa psiconeuroendócrina da UT Southwestern.
Os níveis de vitamina D são agora comumente testados durante a rotina de exames físicos, sendo já são aceites como fatores de risco para uma série de outros problemas médicos: doenças auto-imunes, doenças cardíacas e vasculares, doenças infecciosas, osteoporose, obesidade, diabetes, determinados tipos de cancro e distúrbios neurológicos, como o Alzheimer, o Parkinson, a esclerose múltipla e o declínio cognitivo geral.
Fonte
http://www.isaude.net


Brevemente um post sobre as necessidades diárias de vitamina D. Não perca!
Postar um comentário

Postagens mais visitadas