Limonada natural previne pedra nos rins


Para evitar a formação de pedra no rim, especialmente se já sofreu deste problema de saúde, é aconselhável reduzir as quantidades de sal, cálcio e proteínas da alimentação e beber sumo de limão. De acordo com um estudo realizado na Universidade da California, nos Estados Unidos, beber diariamente quatro limões dissolvidos em dois litros de água é benéfico para todos, mas principalmente para aqueles que tenham sofrido de pedra nos rins.

Roger L. Sur, responsável pela investigação e director do UC San Diego Comprehensive Kidney Stone Center, afirma que mais do que qualquer outra fruta cítrica, o limão tem uma grande concentração de citrato, um inibidor natural da formação da pedra nos rins. Quanto a outros sumos, o cientista refere não surtirem o mesmo efeito, visto não possuírem tanto citrato. As “versões comerciais” não têm o mesmo interesse porque podem conter suplementos de cálcio e oxalato, dois dos principais componentes da pedra que se forma nos rins.

Paralelamente à ingestão de sumo de limão, o cientista aconselha uma dieta pobre em sal, dado que este mineral estimula a eliminação de cálcio pela urina.

Segundo o cientista, o melhor é prevenir. Uma pessoa que já tenha tido uma pedra no rim tem 50% de probabilidade de vir a desenvolver outra pedra dentro de cinco a dez anos. Com as dietas alimentares que prescreve aos pacientes, Roger L. Sur diz esperar conseguir reduzir ou até eliminar os casos de pedra nos rins.

Fonte
ALERT Life Sciences Computing, S.A.
Postar um comentário

Postagens mais visitadas