Mulheres japonesas são as que morrem menos por doenças não transmissíveis


De acordo com um relatório publicado nesta quarta-feira pela Organização Mundial de Saúde (OMS) as doenças não transmissíveis, como as cardiovasculares ou o cancro, são responsáveis por cerca de dois terços das mortes no mundo. Dos 36 milhões de óbitos causados anualmente pelas doenças não transmissíveis, nove milhões correspondem a pessoas com menos de 60 anos. Destas, as doenças cardiovasculares são as mais perigosas, já que respondem por 48% dos óbitos, seguidas pelo cancro com 21%, pelas doenças respiratórias 12% e pela diabetes responsável por 3% das mortes .

O motivo pelo qual estas doenças são a principal causa de morte no mundo deve-se ao facto de nos últimos 30 anos o estilo de vida se ter tornado mais sedentário e pela mudança na dieta com predominância de açúcares e farinhas refinadas, gorduras saturadas e sal que fazem elevar o colesterol, a tensão arterial e os níveis de açúcar no sangue.

O relatório destaca que as doenças não transmissíveis estão a aumentar nos países pobres, onde o número de óbitos cresceu em força. A OMS destaca ainda que as crianças com menos recursos estão a consumir mais alimentos e bebidas açucaradas que fazem mal à saúde.

Segundo a OMS, as mulheres japonesas são o grupo com menor taxa de mortalidade anual por doenças não transmissíveis. No caso dos homens, são os da República de San Marino (que se situa-em Itália) os que morrem menos por doenças não transmissíveis

O documento afirma ainda que um crescimento de 10% das doenças não tranmissíveis num país representa uma redução de 0,5% no seu Produto Interno Bruto (PIB).

Fonte:
http://pt.kioskea.net/news/16678-oms-doencas-nao-transmissiveis-matam-mais
Imagem
http://www.asianoffbeat.com/default.asp?display=2275
3 comentários

Postagens mais visitadas