Desvantagem do sexo masculino na saúde não é genética

De acordo com o Relatório da Comissão Europeia, metade das mortes prematuras entre os homens seriam evitáveis porque assentam em comportamentos de risco e estilos de vida pouco saudáveis. O facto de todos os anos morrerem duas vezes mais homens em idade activa do que mulheres (630 mil contra 300 mil) não tem nenhuma explicação genética ou biológica. Os homens vão menos ao médico porque se sentem melhor,  fazem menos rastreios e são mais vítimas de acidentes de trabalho e rodoviários. Dos factores de risco evitáveis constam o consumo de tabaco e de álcool, a obesidade e a diabetes que têm um crescimento mais galopante entre a população masculina apesar de estarem a aumentar a nível global.

Fonte: jornal i
Postar um comentário

Postagens mais visitadas