Óleo de coentros arma "verde" contra superbactérias

De acordo com um estudo realizado por investigadores portugueses da Universidade da Beira Interior, publicado no Journal of Medical Microbiology, o óleo de coentros tem propriedades antibióticas capazes de tratar infecções e intoxicações alimentares. O óleo extraído das sementes do coentro, Coriandrum sativum L., pode ser uma alternativa viável aos antibióticos contra o Staphylococcus aureus resistente à meticilina (na sigla em inglês MRSA) uma superbactéria, muito resistente a fármacos, que pode causar infecções da pele, ossos, articulações e pneumonia.

Os investigadores testaram o efeito do óleo de coentros em doze estirpes de bactérias, entre elas a Escherichia coli, a Salmonella enterica, o Bacillus cereus e o MRSA. Das estirpes testadas, todas mostraram uma redução do crescimento e a maioria foi eliminada por soluções contendo 1,6%, ou menos, de óleo de coentros. Fernanda Domingues, responsável pela investigação, explica que o estudo dá também a conhecer os mecanismos envolvidos que não eram conhecidos até agora: "os resultados indicam que o óleo de coentros danifica a membrana que envolve a célula bacteriana interrompendo a barreira entre a célula e o meio ambiente. Isto provoca a inibição de processos vitais como a respiração, o que acaba por conduzir a bactéria à morte ", explica a investigadora.

"O óleo de coentro poderia ajudar milhões de pessoas que a cada ano são afectadas por infecções alimentares de origem bacteriana. Este remédio natural pode tornar-se uma alternativa viável aos antibióticos comuns e podemos também prever a utilização de óleo de coentro em loções para o corpo, anti-sépticos orais e até mesmo comprimidos para combater infecções bacterianas multiresistentes que de outra forma não podem ser tratadas ", concluiu Fernanda Domingues.




Postar um comentário

Postagens mais visitadas