A vitamina C é indispensável ao funcionamento das células nervosas do olho

As células nervosas do olho precisam de vitamina C para funcionarem correctamente. Esta descoberta surpreendente  foi realizada por cientistas da Oregon Health & Science University, publicada no The Journal of Neuroscience e pode significar que a vitamina C é indispensável não só para o funcionamento do olho como de outras partes do cérebro. 
"Descobrimos que as células da retina precisam ser ‘banhadas’ em doses relativamente altas de vitamina C, por dentro e por fora, para funcionarem adequadamente", diz Henrique von Gersdorff co-autor do estudo. Como a retina faz parte do sistema nervoso central, é previsível que a vitamina C tenha igualmente um papel decisivo no funcionamento de todo o cérebro.

As células nervosas possuem receptores específicos para o ácido gama-aminobutírico (GABA), o principal neurotransmissor inibidor do sistema nervoso central dos mamíferos. Os cientistas descobriram que os receptores GABA das células da retina pararam de funcionar adequadamente quando a vitamina C era removida. "Como as células da retina são uma espécie de célula cerebral muito acessível, é provável que os receptores GABA de outras partes do cérebro também precisem de vitamina C para funcionar adequadamente", diz von Gersdorff.  Uma vez que a vitamina C é um importante antioxidante natural, pode ser que ela preserve de forma essencial os receptores e as células de uma decomposição prematura.

A função exacta da vitamina C no cérebro ainda não é bem compreendida pela ciência. Quando o corpo humano sofre privação de vitamina C, esta fica no cérebro por mais tempo do que em qualquer outra parte do corpo.

A descoberta da equipe americana pode ainda fornecer pistas para melhor se conhecer o escorbuto, uma doença causada por carência grave de vitamina C, que tem como um dos sintomas a depressão. Será a depressão o resultado da falta de vitamina C no cérebro?
Há ainda uma possível relação entre a deficiência de vitamina C e outras doenças neurológicas, como glaucoma e epilepsia, duas condições causadas por disfunção de células nervosas que ficam excitadas em excesso, talvez porque os receptores GABA não estejam a funcionar adequadamente.

“Uma alimentação rica em vitamina C pode, muito provavelmente, ser neuroprotectora da retina, especialmente em pessoas propensas ao glaucoma, mas é preciso saber mais." concluiu von Gersdorff.
Postar um comentário

Postagens mais visitadas