CRIANÇAS QUE COMEM NA ESCOLA SOFREM MENOS DE OBESIDADE DO QUE AS QUE COMEM EM CASA


Um estudo recente efectuado em Espanha pela Agência Espanhola de Segurança Alimentar, dependente do Ministério da Saúde, chegou à conclusão de que existe um problema de sobrepeso e obesidade entre as crianças espanholas de 6 a 9 anos. A percentagem de 45,2 por cento delas têm peso a mais, distinguindo-se o excesso de peso (26, 1 por cento) da obesidade propriamente dita (19, 1 por cento) comer na escola é melhor para a saúde do que comer em casa. Os rapazes mostram mais obesidade do que as raparigas. A Espanha está com a Itália entre os países da União Europeia com mais meninos gordos. O mais interessante do estudo é, porém, a aparente vantagem de comer na escola em vez de comer em casa: Entre os que comem (almoçam) na escola, 43,7 têm excesso de peso, mas entre os que comem usualmente em casa a percentagem sobre para 48,3 por cento. Faz-nos pensar...

Fonte: El Pais, 1/Julho /2011
Postar um comentário

Postagens mais visitadas