PEPINOS ASSASSINOS?


Desconfiei logo das primeiras notícias que davam como tendo origem em pepinos espanhóis o surto de uma grave doença bacteriana que surgiu na Alemanha. Nestas coisas, o mais fácil é culpar o estrangeiro, neste caso o Norte culpar o Sul. Mas análises mostraram já que os pepinos estão inocentes: a estirpe de bactérias Escherichia coli (E. coli) encontradas dos pepinos espanhóis é diferente da estirpe de E. coli responsáveis pela doença.

Não há ainda casos de doença detectados em Portugal e oxalá não venha a haver. Mas para isso podemos contribuir tendo os maiores cuidados na lavagem de saladas e legumes. Para lavar e desinfectar todos os produtos hortícolas e legumes a consumir em cru, mergulham-se, depois de bem lavados, numa solução de água com lixívia, cerca de 10 gotas de lixívia por cada litro de água durante 30 minutos. Depois voltar a passar os alimentos por água corrente.

Saladas e legumes são bons para a saúde: mas bem lavados e desinfectados, claro!
3 comentários

Postagens mais visitadas