Velocidade da Marcha e Longevidade


A velocidade da marcha parece estar ligada à longevidade das pessoas com mais de 65 anos, segundo um recente estudo publicado no Journal of the American Medical Association (JAMA).

"O número previsível de anos a viver para os homens e as mulheres aumenta com a velocidade da sua marcha", escrevem os autores da comunicação publicada no número do JAMA com data de 5 de janeiro, divulgado pela agência France Press.

A investigação apurou que, a partir de certa idade, a longevidade aumenta com a velocidade alcançada numa caminhada. O trabalho baseou-se em dados recolhidos entre 1985 e 2000, em 34.485 indivíduos, dos quais 80 por cento brancos e 60 por cento mulheres, com uma idade média de 73,5 anos.

Os investigadores verificaram que a velocidade de marcha está ligada à longevidade de todos participantes. Mas é especialmente para pessoas com cerca de 75 anos que a velocidade permite prever melhor a longevidade.

Os autores do estudo, liderado por Stephanie Studenski, da Universidade de Pittsburgh, no estado da Pensilvânia, EUA, concluíram que a velocidade da marcha é tão útil para prever a longevidade como a idade, o sexo, as doenças crónicas, o passado de fumador, o índice de massa corporal ou a tensão arterial.
Postar um comentário

Postagens mais visitadas