BACTÉRIAS E OBESIDADE


Li na última "La Récherche". Aguardam-se para breve os resultados de um estudo francês, com colaboração chinesa, que pretende desvendar um dos grandes mistérios das ciências da nutrição: a relação entre bactérias e obesidade. Pretende-se, num trabalho conjunto de médicos, biólogos e nutricionistas, conhecer o papel que a microbiota intestinal (vulgarmente conhecida por flora intestinal - o ecossistema de bactérias que existe no nosso intestino, formado por um número imenso de bactérias de tipo diferente) desempenha no aumento do peso. O projecto, cujo título joga com as palavras micróbio e obesidade - "MicroObes", tem procurado investigar nos seres humanos algo que já foi pesquisado em ratinhos: Que relação existe entre a eficácia de um regime e a microbiota inicial? E que modificação causa um novo regime nessa microbiota? Poderá vir a responder a uma questão muito interessante: porque é que a mesma ingestão calórica produz resultados muito diferentes em indivíduos aparentemente semelhantes?
O invisível ecossistema do intestino poderá fazer a diferença...
Postar um comentário

Postagens mais visitadas