Alimentação Vegetariana Beneficia Doentes Renais

Um estudo realizado por investigadores da Universidade de Indiana nos EUA sugere que a substituição da carne da alimentação por vegetais e cereais pode ajudar os doentes renais a evitar a acumulação de níveis tóxicos de fósforo no organismo.

As pessoas que sofrem de doença renal não conseguem expelir adequadamente o fósforo proveniente das proteínas alimentares. É indispensável, por isso, controlar a ingestão de fósforo, porque os níveis altos do mineral no organismo são tóxicos e podem levar a doença cardíaca e à morte. Nos alimentos pré-embalados, controlar os teores de fósforo, não é tarefa fácil porque este é um aditivo alimentar comum que não vem nem quantificado nem sequer mencionado nos respectivos rótulos.

Num estudo, orientado por Sharon Moe, os cientistas verificaram que os valores de fósforo no sangue e na urina eram menores na semana em que os pacientes envolvidos na investigação comiam alimentos exclusivamente de origem vegetal quando comparados com os apresentados na semana em que comiam uma dieta que incluía carne. Este facto ocorria mesmo quando as duas dietas apresentavam quantidades equivalentes de proteínas e de fósforo.

Embora ainda não saibam determinar a razão desta diferença, os investigadores acreditam que a fonte proteica (vegetal ou animal) da dieta, apesar de os teores de fósforo serem idênticos, faz toda a diferença e, por isso, recomendam o consumo de cereais em grão como fonte de proteínas para pacientes com doença renal crónica.

Referência:
Sharon M. Moe, Miriam P. Zidehsarai, Mary A. Chambers, Lisa A. Jackman, J. Scott Radcliffe, Laurie L. Trevino, Susan E. Donahue, and John R. Asplin. Vegetarian Compared with Meat Dietary Protein Source and Phosphorus Homeostasis in Chronic Kidney Disease. Clinical Journal of the American Society Nephrology, December 23, 2010.
Postar um comentário

Postagens mais visitadas