A ameaça da obesidade infantil


Se nos vão chegando algumas boas notícias - como a subida dos alunos portugueses nos inquéritos PISA - outras há que nos devem preocupar. Por exemplo, li hoje no jornal "Público" que as crianças portugueses são, segundo a OCDE, aquelas d eentre todas as da União Europeia, depois das gregas e das maltesas, as que têm mais problemas de obesidade: vinte por cento das crianças analisadas têm excesso de peso ou obesidade. Este problema radica, sem dúvida, na má alimentação e na falta de exercício físico. Leia mais aqui.
Postar um comentário

Postagens mais visitadas