CRIANÇAS COM HIPERTENSÃO TÊM MAIOR DIFICULDADE DE APRENDIZAGEM

Um estudo realizado na Universidade de Rochester, nos Estados Unidos, mostrou que crianças com hipertensão arterial são muito mais propensas a terem dificuldade de aprendizagem do que as crianças saudáveis. A investigação feita a partir da avaliação de 201 crianças, 101 das quais com hipertensão, revelou ainda que estas últimas apresentaram também maior défice de atenção e maior hiperactividade.

A hipertensão arterial nas crianças pode ser de dois tipos: hipertensão secundária, quando é causada por um problema renal, por exemplo, e hipertensão essencial, geralmente associada à obesidade. A hipertensão essencial raramente apresenta sintomas e só pode ser diagnosticada por meio da medida da tensão arterial. Mesmo a forma leve da doença é capaz de provocar danos graves ao organismo, como o aumento do tamanho do coração e o seu mau funcionamento, problemas nos rins e alterações nos vasos sanguíneos. Estas alterações trazem normalmente complicações graves na idade adulta.
O tratamento da hipertensão nas crianças e adolescentes é feito, na maioria dos casos, sem medicamentos. Fazem-se alterações na alimentação que passará a incluir maior consumo de frutas, legumes (sopa, não se esqueçam que a sopa é a melhor forma de os fazer comer legumes!) e pouco sal, e introduz-se um programa adequado de exercício físico.

Há décadas atrás, a hipertensão infantil era provocada por outros problemas de saúde, como disfunções renais. Hoje a hipertensão surge de mão dada com a obesidade em crianças aparentemente normais.

O estudo vem publicado no jornal Pediatrics .

Referência:
- H. R. Adams, P. G. Szilagyi, L. Gebhardt, M. B. Lande. Learning and Attention Problems Among Children With Pediatric Primary Hypertension. Pediatrics, 2010;
Postar um comentário

Postagens mais visitadas