Prémio Nobel da Medicina para Robert Edwards


O Comité Nobel anunciou esta segunda-feira que o Prémio Nobel da Medicina deste ano foi atribuído ao britânico Robert Edwards, 85 anos, pai da fecundação in vitro. A partir de Estocolmo, o comité considerou que esta descoberta ajudou milhões de casais inférteis por todo o Mundo a ter filhos. Trata-se de uma técnica que Edwards desenvolveu com a colaboração de Patrick Steptoe, que morreu em 1988.

Na imagem Robert Edwards com Louise Joy Bronw e o seu filho. Louise, de 32 anos, foi o primeiro “bebé-proveta”.

Fonte
euronews.net
Postar um comentário

Postagens mais visitadas