VISITA AO ECOMUSEU DO SAL DA FIGUEIRA DA FOZ

Se está a passar férias na zona centro do país, faça como eu: dê um salto ao Ecomuseu do Sal, em Lavos, Figueira da Foz. O pequeno museu está inserido na Salina da Cobra adquirida pela Câmara Municipal da Figueira da Foz com o objectivo de apoiar a exploração do sal marinho no estuário do Mondego, uma das principais actividades económicas daquele concelho no passado. Vale a pena apreciar o trabalho artesanal dos marnotos na extracção do sal marinho, o melhor sal, 100% natural. Desfrute o passeio de barco, guiado por um dos simpáticos marnotos, pelo lado sul da ilha da Murraceira até ao Moinho das Marés, que tem a particularidade de ter 12 mós que serviam para descascar o arroz e para transformar o milho em farinha. Este moinho fica muito perto da confluência do rio Pranto, um afluente do Mondego que nasce na região de Leiria. Se levar a máquina fotográfica, pelo caminho poderá fotografar belos flamingos no seu habitat natural. Partilho algumas fotos para aguçar a curiosidade:

Um marnoto ou salineiro


O Sr. José Carlos.



Os flamingos


O Moinho das Marés


Montes de sal e... eu
No final da visita poderá adquirir o melhor sal, o sal marinho artesanal simples ou com especiarias e a tão apreciada flor de sal.

Postar um comentário

Postagens mais visitadas