BASES GENÉTICAS DA LONGEVIDADE


Um estudo recente do genoma de um grupo de centenários publicado pela "Science" e divulgado pelo "Público" esclarece as bases genéticas da longevidade: usando um modelo baseado no genoma de pessoas muito velhas cerca de três quartas partes dos casos podem ser explicados geneticamente. Resta uma quarta parte: nesses casos ou actuarão causas genéticas fora do modelo ou, o que é mais provável, o ambiente tem influência decisiva, isto é, o estilo de vida que se adoptou. Tenham ou não lido este blogue, são pessoas que viveram bem até aos cem!
Postar um comentário

Postagens mais visitadas