Chá verde retarda envelhecimento cerebral

Uma equipa de investigadores da Faculdade de Medicina da Universidade do Porto (FMUP) concluiu que o consumo de chá verde atrasa o processo de envelhecimento cerebral, diminuindo os danos neurológicos e a perda de memória associada.

Ver notícia completa na edição número 30 do jornal da Universidade do Porto, Alumni, aqui.

1 comentário

Postagens mais visitadas