INFORMAÇÕES SOBRE A DIABETES


A diabetes tipo 2 é um problema de saúde pública alarmante com consequências humanas, sociais e económicas graves. Em Portugal, segundo o Dr José Manuel Boavida, presidente da Sociedade Portuguesa de Diabetologia, o número de diabéticos quadruplicou nos últimos 20 anos. Estima-se que existam cerca de 670 000 diabéticos (números de 2007) e poderemos atingir 1 000 000 até 2025. A prevenção da Diabetes tipo 2, passa pela manutenção de um peso corporal desejável que se consegue adoptando uma alimentação saudável e hábitos de exercício físico regulares.
Se já é diabético, lembre-se que a doença bem controlada não o impede de ter uma vida normal e previne ou atrasa a evolução das chamadas complicações da diabetes (ver abaixo).

O que é a Diabetes mellitus ?
A diabetes mellitus é uma doença crónica que se caracteriza por um aumento da quantidade de glicose no sangue (glicemia). Este aumento da glicemia acontece porque o organismo deixa de produzir insulina total ou parcialmente ou a insulina que produz não é reconhecida pelas células.

O que é a insulina ?
A insulina é uma hormona produzida no pâncreas. Actua como uma espécie de chave que abre a porta das células para a glicose poder entrar. Uma vez nas células, a glicose é transformada em energia.
Quando a glicose não pode entrar nas células, ela acumula-se no sangue, surgindo a hiperglicemia e os sintomas da diabetes.
Os valores normais de glicemia devem oscilar entre 80 e 120 mg/dl.

Quais são os sintomas da Diabetes?
• Aumento da sede
• Grande quantidade de urina (também durante a noite)
• Fadiga
• Irritabilidade
• Visão turva
• Cãibras nos pés e/ou nas mãos
• Úlceras ou infecções que cicatrizam com dificuldade

Quem está em risco de ser diabético?
• Pessoas com excesso de peso ou obesas (com gordura abdominal)
• Pessoas com familiares directos diabéticos
• Mulheres que tiveram diabetes gestacional
• Pessoas com doença endócrina

Complicações da Diabetes
• Hipoglicemia
• Hiperglicemia
• Hipertensão arterial
• Hipercolesterolemia
• Hipertrigliceridemia
• Doenças cardiovasculares
• Retinopatia
• Lesão do rim (nefropatia)
• Pé diabético
• Má circulação nas pernas e nos pés
• Dificuldade de cicatrização das feridas
• Impotência sexual
• Infecções repetidas e persistentes

Como se trata a Diabetes?
O tratamento da diabetes assenta em três pilares:
1-Fármacos antidiabéticos; 2-Alimentação; 3-Actividade física

Catorze regras que sugiro sejam adoptadas por TODOS, mas escrupulosamente por diabéticos:

  1. O açúcar e todos os alimentos que o contenham (bolos, doces, chocolates, rebuçados, mel, compotas, marmelada, frutas cristalizadas, frutas em calda, chocolate para o leite, bolachas, pão de forma ou pão branco, cereais de pequeno-almoço, sumos, refrigerantes, ice-tea ...) devem ser evitados a todo o custo pelo diabético
  2. Tomar o pequeno-almoço todos os dias, na primeira hora após levantar
  3. Preferir o pão escuro de mistura de cereais (pão de centeio, broa)
  4. Comer sopa todos os dias no início do almoço e do jantar
  5. Evitar a batata como acompanhamento de carne e peixe e substituir por legumes ou leguminosas: feijão, grão-de-bico, lentilhas, ervilhas feijão de soja, favas, chícharos, tremoços...
  6. Preferir arroz integral
  7. Preferir legumes crus ou pouco cozidos (ver receita "legumes estufados")
  8. Preferir peixe à carne ( 5 a 7 refeições de peixe por semana)
  9. Reduzir o consumo de carne de vaca e preferir as carnes de perú, frango, porco (partes magras)
  10. Cozinhar peixe e carne sem adição de gordura (cozidos, grelhados ou em papelote) Usar o azeite como única gordura para cozinhar e temperar, mas moderadamente
  11. A água ou uma infusão sem açúcar e a bebida que deve acompanhar o almoço e o jantar
  12. Não passar mais do que 3 horas e meia sem comer
  13. O jejum nocturno não deve ser superior a 10 horas
  14. Exercício físico diário: 45 a 60 minutos a caminhar, nadar, andar de bicicleta ou praticar outro desporto que o faça sentir bem
Postar um comentário

Postagens mais visitadas