A ARTE IMITA A VIDA


Um grupo de investrigadores da Universidade de Cornell, Estados Unidos, acaba de publicar na revista "International Journal of Obesity" um artigo que é resultado do seu estudo de numerosas representações da última ceia de Jesus Cristo com os seus apóstolos, tal como aquela que foi feita no século XV por Leonardo da Vinci. A conclusão foi que, entre os séculos X e XVIII, o tamanho das porções servidas aumentou cerca de 60 por cento! Tal facto deve reflectir o aumento da abundância alimentar que, como se sabe, tem consequências a nível da obesidade...
Postar um comentário

Postagens mais visitadas