Bisfenol A: O Tóxico dos Plásticos

O bisfenol A (BPA), composto utilizado no fabrico de policarbonato, um plástico rígido e transparente usado nas embalagens dos alimentos e bebidas, tem riscos para a saúde. O composto migra das embalagens de plástico, dos biberões ou das garrafas de plástico para os alimentos, tendo sido detectado BPA na urina de 93% da população norte-americana. E migra mais facilmente se os alimentos que contêm gordura (o BPA tem afinidade com a gordura dos alimentos) forem aquecidos dentro das embalagens, por exemplo no microondas. O risco para a saúde está associado à capacidade de o BPA actuar no sistema endócrino afectando a fertilidade e a reprodução. Tem também sido apontado como eventualmente cancerígeno. O risco parece ser maior nos fetos, em bebés e crianças pequenas que têm contacto diário com biberões, porque a fracção da massa de BPA por quilograma de massa corporal poderá ser superior. Esta é uma preocupação da Agência Europeia para a Segurança Alimentar, que agendou uma reunião com todos os estados-membros para o início de Abril, com o objectivo de rever as recomendações e o limite de ingestão diária tolerável (actualmente fixado em 0,05 mg/kg de massa corporal). As conclusões desta reunião serão divulgadas em Maio de 2010. Até lá o melhor será trocar os biberões de plástico do bebé por biberões de vidro e não aquecer os alimentos pré-embalados directamente na embalagem.
Postar um comentário

Postagens mais visitadas