O AÇÚCAR ESCONDIDO

O relatório da OCDE (Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Económico) de 2005, que compara os hábitos alimentares e os indicadores de saúde dos trinta países membros, revelou que cada português consome, em média, cerca de 35 kg de açúcar por ano.

Consumimos mais açúcar do que imaginamos porque ele existe nos produtos mais insuspeitos desde os "sumos" aos medicamentos. O sítio norte-americano sugarstacks.com (que significa pilhas de açúcar) dá a conhecer a quantidade de açúcar contido em alguns dos alimentos mais consumidos. Cada cubo de açúcar tem 4 g, ou seja, meio pacote de açúcar dos que usamos no café. Como se pode ver na figura, uma lata de coca-cola tem cerca de 5 cinco pacotes de açúcar. É imenso açúcar!

Devemos dar mais atenção aos rótulos e verificar se há açúcar disfarçado com outros nomes como sacarose, frutose, glucose, maltose, dextrose, lactose, xarope de glicose (ou outros xaropes), mel, melaço, etc. Estes alimentos só podem ser consumidos esporadicamente e, mesmo assim, devemos estar conscientes da ameaça para a saúde que eles representam. Basta ingerir 200 calorias por dia a mais das que gasta nas suas actividades para engordar 7 kg num ano!

Do mesmo sítio, mostro mais duas imagens com exemplos que me impressionaram o "McFlurry Oreo" e o batido de chocolate da McDonald's, nove e catorze pacotes de açúcar respectivamente. Só não engorda quem não os consumir. Pense nisto! É verdadeiramente impressionante...


3 comentários

Postagens mais visitadas