Os Cogumelos e os Portugueses


Entre as milhares de espécies de cogumelos que florescem no território nacional há alguns comestíveis, outros alucinógenios e outros ainda venenosos (alguns destes com grandes semelhanças com os comestíveis) , podendo causar intoxicações ligeiras ou fatais. É o caso da Amanita phalloide (primeira imagem) e da Amanita virosa (segunda imagem) que são responsáveis pela maioria dos envenenamentos mortais devido à presença de uma substância tóxica que destrói o fígado. As duas têm semelhanças com algumas espécies de agáricos, que são comestíveis. Apesar de todos os anos ouvirmos fsalar de casos de intoxicação por cogumelos, os portugueses são, em geral, micofóbicos, isto é, têm medo de comer cogumelos. O consumo de cogumelos em Portugal, estima-se que seja de 70g por habitante e por ano.

No entanto, há vantagens para a saúde em consumir cogumelos porque lhes são atribuídas propriedades imunomodulatórias, antioxidantes, antiinflamatórias e até anticancerígenas. Do ponto de vista nutricional são uma fonte proteica "limpa" de gorduras (como poucas), com aminoácidos essenciais combinados de forma completa e equilibrada.

É bom ser prudente na ingestão de cogumelos desconhecidos ou de origem duvidosa, mas não há motivo nenhum para deixar de comer os que se sabem comestíveis.

Para saber mais consulte o interessante sítio: Viseufunghi

Imagens
http://www.lycaeum.org/~sputnik/Plants/Amanita/phalloides.html
http://www.nybg.org/bsci/res/hall/virosa.html
1 comentário

Postagens mais visitadas