Frutos e vegetais nunca são demais


Um estudo realizado por investigadores do Instituto de Bioquímica e Biologia Molecular I da Universidade Heinrich-Heine de Düsseldorf, Alemanha, provou que existe uma relação entre o consumo elevado de legumes e frutas, bons níveis de antioxidantes no plasma e boa "performance" cognitiva em indivíduos saudáveis.

A coordenadora da investigação, Dra Cristina Polidori, actualmente no Departamento de Geriatria do Marienhospital Herne, explica:
"É sabido que existe uma forte associação entre o consumo de frutas e vegetais e as defesas antioxidantes naturais contra os radicais livres. Sabe-se também que os maus hábitos alimentares aumentam o risco de desenvolver disfunção cognitiva com, ou sem, demência. Mas, neste trabalho demonstramos a ligação que existe entre o consumo elevado de várias frutas e legumes, as defesas antioxidantes e o desempenho cognitivo na ausência de doença independentemente da idade. Entre outros hábitos, recomenda-se a ingestão de pelo menos 400 g de legumes e frutas em qualquer idade, mas quanto mais cedo melhor. Isto pode ser suficiente para evitar sofrer de demência na idade avançada".
O trabalho realizado em indivíduos saudáveis com idades compreendidas entre os 45 eos 102 anos, foi feito em colaboração com o Departamento de Farmacologia da Universidade Temple de Filadélfia, Pensilvânia, EUA, o Departamento de Geriatria da Universidade de Peruggia, Itália, e o Departamento de Neurologia do Hospital St. Elisabeth de Colónia, Alemanha.

Referência: Polidori MC, Pratico D, Mangialasche F, Mariani E, Aust O, Anlasik T, Mang N, Pientka L, Stahl W, Sies H, and Nelles G. High fruit and vegetable intake is positively correlated with antioxidant status and cognitive performance in healthy subjects. J Alzheimers Dis,ease 17:4 (August 2009)

Fonte:
Sciencedaily.com


2 comentários

Postagens mais visitadas