Emagrecer é...

Escolher o melhor pão.

O pão é um alimento, com mais de 6000 anos de história, que resulta do cozimento de uma mistura feita com farinha, água e sal. Do ponto de vista nutricional, é constituído, por ordem decrescente de quantidades, de hidratos de carbono, água, proteínas, fibras, gordura, minerais e vitaminas. Segundo a Tabela de Composição dos Alimentos Portugueses, um pão de trigo corrente (carcaça de 40 g), o mais consumido entre nós, fornece cerca de 100 calorias. E este é o valor calórico de quase todos os tipos de pão (o valor pode variar na ordem das dezenas de calorias, o que na prática não é significativo).

Contudo, como os alimentos não são só calorias, o pão não é todo igual! De facto, há pão rico, feito com mistura de farinhas pouco peneiradas cheias de micronutrientes (vitaminas, minerais e fibras) e há pão pobre feito com farinha refinada sem nenhum interesse nutricional porque é praticamente só amido. Neste último grupo inclui-se o pão branco e o pão de forma, ambos feitos com farinhas que perderam os seus constituintes mais nutritivos durante as fases de peneiração. Estes pães brancos são de digestão fácil e rápida e, portanto, pouco saciantes. Comem-se duas fatias de pão de forma num ápice e, passado pouco tempo, a fome está de volta. Quem quiser emagrecer deverá optar por um pão de mistura de cereais feito, de preferência, com farinhas verdadeiramente integrais, isto é, farinhas às quais não foram retirados quaisquer constituintes (mas atenção: o mercado está cheio de falsos produtos integrais feitos com farinha refinada e farelo). Para emagrecer, o pão escuro de centeio e a broa de milho são as melhores opções.
1 comentário

Postagens mais visitadas