Ovos não são vilões


Um estudo realizado no Canadá, por investigadores da Universidade de Edmonton e publicado no Journal of Agricultural and Food Chemistry, mostrou que os ovos reduzem a pressão arterial. Esta acção antihipertensora é devida à presença de proteínas nos ovos com uma acção idêntica à de alguns fármacos usados para fazer baixar a tensão arterial, os inibidores da enzima conversora de angiotensina (angiotensin converting enzyme - ACE). Segundo os autores do estudo, Jianping Wu e Kaustav Majumder, as proteínas presentes, quer nos ovos fritos, quer nos ovos cozidos, são convertidas, no estômago e no intestino delgado, em peptídeos com actividade inibitória da enzima conversora da angiotensina (ACE).

"Os nossos resultados mostraram que a digestão de ovos cozidos, que realizamos in vitro, foi capaz de gerar uma série de peptídeos, potentes inibidores da ACE, com implicações na prevenção de doenças cardiovasculares e hipertensão", afirmaram os autores do estudo.

Quanto ao colesterol, na mesma altura em que saiu este trabalho, o Nutrition Bullettin publicou um longo artigo no qual, investigadores da Universidade de Surrey, na Grã Bretanha, demonstraram quão infundado é o mito de que os ovos fazem aumentar o colesterol no sangue.
1 comentário

Postagens mais visitadas