Primeiros resultados do estudo PORMETS de avaliação da prevalência da Síndrome Metabólica em Portugal

O estudo PORMETS de avaliação da prevalência da síndrome metabólica em Portugal é um projecto que nasceu em Outubro de 2006 e que resultou da parceria entre o Grupo de Estudo da Insulino-Resistência (GEIR) e a equipa chefiada pelo Prof. Dr. Henrique Barros, do Serviço de Higiene e Epidemiologia da Faculdade de Medicina do Porto, com o patrocínio da empresa Bayer Healthcare. Este estudo foi para o terreno em Fevereiro de 2007 e, até ao momento, já envolveu cerca de 3000 pessoas, o que corresponde a cerca de três quartos da amostra, que deverá totalizar 4320 participantes. O estudo terminará no primeiro semestre de 2009, mas já estão disponíveis resultados preliminares relativos a 2694 participantes de 24 Centros de Saúde de todo o país.

Conclusões preliminares:

A prevalência da síndrome metabólica é muito elevada em Portugal e semelhante à de alguns países europeus e dos E.U.A, de acordo com os critérios ATP III.Porém, de acordo com os critérios IDF, a prevalência da síndrome metabólica nesta amostra é maior do que em outros estudos europeus.

A prevalência de obesidade central estimada de acordo com os critérios ATP III, AHA/NHLBI e IDF é maior no sexo feminino. Destaca-se a elevada prevalência de obesidade central na mulher portuguesa (superior a 50 por cento qualquer que seja a classificação utilizada), sugerindo que os critérios utilizados para a classificação de obesidade central, nomeadamente os critérios IDF, podem não ser adequados à população portuguesa.

Valores tensionais elevados (T.A. 130/85) na população portuguesa (52,8 por cento)
Hipertrigliceridemia muito prevalente no sexo masculino (cerca de 30 por cento)
HDL baixo de acordo com 3 definições muito prevalente nesta amostra (cerca de 50 por cento)
Hiperglicemia em jejum (100 mg/dL) com prevalência elevada em particular no sexo masculino
Medidas práticas de insulino-resistência: insulinemia (P5 - 2,4 U/mL e P95 - 20,8 U/mL) e HOMA (P5 0,44 e P95 6,55)
2 comentários

Postagens mais visitadas