QI elevado associado a menor risco de morte

Um estudo que envolveu um milhão de homens suecos revelou que existe uma forte correlação entre menor capacidade cognitiva e o risco de morte.

A equipa liderada pelo Dr. David Batty do MRC Social and Public Health Sciences Unit, em Glasgow, concluiu que a relação inversa entre o coeficiente de inteligência (QI) e a mortalidade pode ser, em parte, atribuída a comportamentos mais saudáveis exibidos pelas pessoas com maior QI. Por outro lado, as pessoas com menor QI morrem mais de acidentes, doenças coronárias e suicídios.

O Dr. Batty acredita que quem tiver maior QI terá menor propensão para fumar ou para beber demasiado álcool, alimentar-se-á melhor e terá mais actividade física. Estes comportamentos podem explicar, em parte, a maior longevidade.

Baseado neste estudo, o Dr. Barry sugere que, se os governos tomarem medidas para melhorar as condições de educação e de vida, isso trará claros benefícios para a saúde das populações.
2 comentários

Postagens mais visitadas