Ovos ao pequeno-almoço, sim ou não ?

Comer ovos ao pequeno-almoço, uma tradição inglesa com muitos adeptos entre nós, pode trazer algumas vantagens a quem queira perder peso. Um estudo recente mostra que as proteínas do ovo, de alto valor biológico devido ao perfil de aminoácidos essenciais, contribuem para o ganho de força muscular e para a regulação dos níveis glicémicos. Estas características são vantajosas para as pessoas que praticam desporto e para o controle do peso.

Cada ovo de tamanho L fornece cerca de 75 kcal e é boa fonte de tiamina, riboflavina, ácido fólico e vitaminas B12 e B6 (essenciais para a produção de energia). Tem proteínas de elevada qualidade (6 gramas/ovo) que correspondem a 13% da quantidade diária recomendada.

Relativamente ao colesterol, é excessiva a culpa atribuída ao ovo. Está provado que são as gorduras saturadas e as gorduras hidrogenadas (gorduras trans) as principais responsáveis pelo aumento dos níveis de colesterol sanguíneo.

Por tudo isto, parece-me que comer ovos ao pequeno-almoço (claro, sem bacon e sem batatas) poderá trazer benefícios não só a quem queira emagrecer mas também a quem pratique actividades desportivas.

Fonte: Nutritiontodayonline.com
1 comentário

Postagens mais visitadas