Restrição Calórica Faz Bem à Memória

Um estudo alemão, realizado na Universidade de Munchen e publicado na revista Proceedings of the National Academy of Sciences of the United States of America (PNAS) de 27 de Janeiro de 2009, mostra que a restrição calórica é capaz de melhorar a memória dos idosos.

No estudo, foram seleccionados 50 idosos saudáveis, 21 homens e 29 mulheres, com idade média de 60 anos, e IMC médio de 28 kg/m2. Os participantes foram divididos em três grupos: o primeiro, foi sujeito a uma redução calórica de 30%; o segundo foi sujeito a um aumento de 20% do consumo de ácidos gordos insaturados, mantendo a ingestão de gordura total; e o terceiro foi o grupo de controlo.

A avaliação da função cognitiva dos individuos foi feita antes da intervenção alimentar e três meses depois."Observámos um aumento significativo dos registos de memória verbal no grupo sujeito a restrição calórica. Os outros dois grupos não apresentaram mudanças significativas na memória."


Segundo os investigadores, o aumento da memória está relacionado com a redução da actividade inflamatória, redução dos níveis de insulina e da proteína C-reactiva que foram mais pronunciadas nos indivíduos que melhor aderiram à dieta.

Os mecanismos implicados poderão incluir a melhoria da plasticidade sináptica e estimulação das vias nervosas no cérebro por causa do aumento da sensibilidade à insulina e reduzida actividade inflamatória.

Os resultados apontam um caminho para a investigação do papel da insulina e da inflamação no declínio cognitivo relacionado com o envelhecimento. "O nosso estudo pode ajudar a criar novas estratégias de prevenção para manter as funções cognitivas na terceira idade", acreditam os investigadores.

Fonte:PNAS
Postar um comentário

Postagens mais visitadas