NUTRIENTES QUE NOS PROTEGEM DE UM AVC


O ictus ou Acidente Vascular Cerebral (AVC) é a segunda causa de morte no mundo e, entre os sobreviventes, é frequentemente causa de incapacidade funcional. A concentração de ácido fólico e folato, abundante nas frutas e nos vegetais de folhas verde escuras, parece modular a concentração de um aminoácido, a homocisteína, relacionado com a aterosclerose e com o risco de ictus. Numa investigação realizada por Weng L-Ch. et al. intitulada Is Ischemic Stroke Risk Related to Folate Status or Other Nutrients Correlated With Folate Intake?, avaliou-se a importância do ácido fólico e de outros nutrientes relacionados, como o ferro, o cálcio, o potássio, a vitamina B, a provitamina A de origem vegetal e o caroteno, como protectores de um AVC.

A amostra estudada foi de 1770 indivíduos sãos com mais de 40 anos. Em todos apurou-se a frequência e o tipo de alimentação, bem como as concentrações de folatos e de outros oligoelementos durante dez anos. Os 132 pacientes que tiveram um AVC tinham uma concentração de ácido fólico significativamente mais baixa do que o resto dos participantes. Outros nutrientes, como a vitamina B2, o potássio, o ferro e os carotenos relacionaram-se de uma inversamente com o risco de AVC, isto é, para valores mais altos destes micronutrientes, o risco de AVC diminuía progressivamente. Não se pode descartar a hipótese de que a suposta protecção do folato se deva, na realidade, aos outros nutrientes ingeridos em simultâneo que se encontram nos mesmos alimentos ricos nesta substância.

Deste estudo sai mais uma vez confirmada a importância do consumo diário de quantidades significativas de hortícolas e frutos.

Fonte: El País. Salud. 10/01/09
Imagem: http://km-stressnet.blogspot.com/2008/02/ictus-sintomas-evoluo-e-tratamento.html
6 comentários

Postagens mais visitadas