PRÉMIO IgNOBEL DA NUTRIÇÃO

O Prémio IgNobel, uma sátira do prémio Nobel, é entregue no Outono aos pesquisadores que fizerem as descobertas científicas mais estranhas do ano. Os prémios, criados pela revista de humor científico Annals of Improbable Research, são atribuídos para "honrar estudos e experiências que primeiro fazem rir as pessoas, e depois pensar. A ideia é premiar pesquisas raras, honrar a imaginação, e atrair o interesse do público pela ciência, medicina e tecnologia."
Foram entregues pela primeira vez em Harvard em 1991, sendo a cerimónia abrilhantada com a presença de verdadeiros laureados com o prémio Nobel, que entregam o respectivo Prémio IgNobel ao vencedor.
A estatueta do IgNobel da Nutrição foi este ano para Massimiliano Zampini, da Universidade de Trento (Itália), e Charles Spence, de Oxford (Grã-Bretanha), por "terem modificado eletronicamente o ruído de uma batata frita para enganar quem a consome, fazendo pensar que é mais crocante e fresca do que parece".
Postar um comentário

Postagens mais visitadas