Too thin to win?


O "Sunday Times" de 3 de Agosto passado coloca em título: "Is Barack Obama too thin to win the White House?" e em subtítulo
"'Skinny' Obama sees poll lead vanish in the land of the fat".

Será o aspecto físico determinante na próxima eleição presidencial americana? De facto Obama, ao contrário da generalidade da população (há dois terços com peso a mais e um terço de obesos), tem peso menor do que o recomendado para a sua altura. Pelo contrário, McCain tem peso a mais, estando mesmo o seu índice de massa corporal acima dos parâmetros recomendados. Obama faz questão de frequentar o ginásio diariamente, o que levou um repórter da Associated Press a interrogar-se se ele está a concorrer para presidente ou para Mr. Universe. Além disso, tem extremo cuidado com aquilo que come, recusando os pratos com demasiada gordura que fazem parte de gastronomias locais (há até quem diga que a sua recusa em comer bolo de chocolate numa visita a uma fábrica de chocolate durante a campanha das eleições primárias na Pensilvânia terá pesado no resultado eleitoral). Que diferença para Clinton (William e não Hillary) que adorava, durante as campanhas, ir comer ao McDonald's...

Neste momento os dois candidatos estão empatados nas sondagens. O desempate vai sem complicado, mas talvez não seja pelo índice de massa corporal...
Postar um comentário

Postagens mais visitadas