O FACTOR JAPONÊS


Os ácidos gordos ómega-3 presentes no peixe e noutros alimentos marinhos que os japoneses consomem regularmente, são factor de protecção cardiovascular. Esta é a conclusão de uma investigação publicada em 05 de Agosto de 2008 no Journal of the American College of Cardiology (JACC).

Os investigadores verificaram, no primeiro estudo internacional do género, que os japoneses de meia idade que viviam no Japão tinham no sangue duas vezes mais ácidos gordos ómega-3 do que os japoneses que viviam nos Estados Unidos. Esta parece ser a explicação para os baixos índices de doenças cardiovasculares dos japoneses até porque estão em segundo lugar nos maiores consumidores de peixe do mundo com uma média anual de 67,4 Kg per capita. O primeiro lugar é da Islândia com 91 kg e Portugal vem em terceiro lugar com uma média de consumo anual de 59,3 Kg per capita.

Se anda à pesca de formas de reduzir o risco de doenças do coração, deve comer peixe todos os dias, para conseguir bons níveis sanguíneos de ácidos gordos omega-3 aqueles que alguém chamou o "factor japonês" de protecção cardiovascular, mas que também poderia ter sido chamado o "factor português".

Fonte da Imagem: http://japao100.abril.com.br/arquivo/qual-o-jeito-certo-de-comer-sushi/
Postar um comentário

Postagens mais visitadas