PRODUTOS NATURAIS NÃO SÃO INOFENSIVOS


Os produtos naturais não são inofensivos, alerta Fernando Martins do Vale, Professor de Farmacologia da Faculdade de Medicina da Universidade de Lisboa.

Plantas
"O efeito terapêutico das plantas é conhecido desde a Antiguidade. Mas é preciso não esquecer que também há muitas plantas venenosas. Dois exemplos: a cicuta, que matou o filósofo Sócrates, e a Ephedra sinica (na imagem), que é proibida na Europa, mas que ainda se consegue encontrar."

Descontrolo
"Quando um produto é classificado como suplemento alimentar, não passa sequer pelo Infarmed. E os chamados produtos naturais de venda livre têm uma regulamentação simplificada a nível da União Europeia. Os casos que se vão sabendo de toxicidade são a ponta do icebergue, porque a maioria dos doentes não refere ao médico que está a tomar certos produtos."

Regulamentação
"Há que submeter os produtos naturais ao mesmo exame de controlo de qualidade e aos testes da relação eficácia/toxicidade a que são obrigados os produtos farmacêuticos. Porque também são medicamentos."

Depuralina
"Deveria continuar suspensa, pois no seu anúncio omite a possibilidade de anafilaxia (alergia grave) verificada nos casos noticiados. Essa omissão pode fundamentar um pedido de indemnização por parte das vítimas."

Termino deixando mais um alerta: é comum confundir "suplementos nutricionais" com "suplementos alimentares". A grande diferença é que os primeiros estão sujeitos ao controlo exigido para os medicamentos, enquanto os segundos não são sujeitos a qualquer controlo.


Fonte: Rubrica "Palavras Cruzadas", Revista "Visão" (08.05.08)

Imagem:http://www.herbies-herbs.com/pages/herbuses-2.html

Postar um comentário

Postagens mais visitadas