Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Maio, 2008

MACACOS EM DIETA

A administração do parque Ohama em Sakai, perto de Osaka, no Japão, viu-se obrigada a tomar medidas para combater a obesidade dos seus macacos Rhesus. Em Junho de 2007, o parque diminuiu a alimentação diária dada a estes primatas, de 10 kg para 2 kg de comida, mas cerca de 30% dos 50 macacos parecem estar ainda com sobrepeso. A razão é que os visitantes continuam a dar comida aos animais.

Esta situação não deixa de ser caricata no país desenvolvido com menor taxa de obesidade do mundo.

Fonte: Reuters

Manuel Uribe - duas vezes no Guinness

Considerado pelo Livro Guinness dos Recordes como o homem mais gordo do mundo, o mexicano Manuel Uribe, que chegou a pesar 560 kg, quer voltar ao Guinness. Desta vez como o homem que mais peso perdeu do mundo. Para isso conta com a ajuda de médicos que lhe prescreveram um plano alimentar que já o fez reduzir 235 kg.

Este é um caso impressionante de obesidade mórbida num homem que não se levanta da cama há seis anos. Veja o vídeo aqui.

A DIETA DO PALEOLÍTICO

Minha coluna "Viver bem até aos 100" do suplemento de saúde do "Diário de Coimbra" de hoje:

No Paleolítico o homem era essencialmente colector e caçador. Por isso tinha uma alimentação à base de frutos frescos e secos, raízes, alguns vegetais, carne selvagem e peixe. O açúcar que comia era o da fruta mas, em dias de sorte, quando era descoberta uma colmeia, tinha direito a mel...

A dieta do Paleolítico foi referida pela primeira vez pelo gastroenterologista Walter Voegtlin, no seu livro "The Stone Age Diet", publicado na Vantage Press em 1975. Voegtlin defende nesse livro que o homem é um animal carnívoro geneticamente adaptado à dieta dos seus ancestrais que viveram há 10.000 anos. A observação da anatomia do tubo digestivo humano, incluindo o formato e o tipo de dentes, o tipo de estômago, o comprimento do intestino e o apêndice vestigial, levou-o à teoria de que a dieta ideal para a saúde e o bem-estar dos seres humanos deve ser semelhante à dos seus ant…

DIA NACIONAL DE LUTA CONTRA A OBESIDADE

Assinala-se hoje o Dia Nacional de Luta Contra a Obesidade, cujo lema é "Perder Peso é Divertido". A Associação de Doentes Obesos e Ex-Obesos de Portugal (ADEXO) promove um conjunto de actividades, em diferentes cidades do país, sensibilizando a população para a problemática da obesidade.

Ver programa aqui.

QUANTO VALE UMA BANANA

A banana é o quarto alimento mais produzido no mundo, a seguir ao arroz, trigo e milho. O seu cultivo teve início no sudeste da Ásia, mas existem ainda muitas espécies de banana selvagem na Nova Guiné, Malásia, Filipinas e Indonésia.

A bananeira é considerada a árvore dos sábios, daí o nome científico Musa sapientum L.. As bananas foram durante muito tempo desconhecidas dos europeus e Júlio Verne, no seu livro "A volta ao mundo em oitenta dias" (1872), descreve-a pormenorizadamente para a dar a conhecer aos leitores.

A bananeira é uma planta de caule subterrâneo do qual surgem folhas que crescem para fora da terra, formando o falso tronco. Cada caule falso dá um ramo de flores que, aos poucos, se vai transformando num cacho de bananas (cada cacho pode dar até 200 bananas!).

Mais de cem tipos de banana são cultivadas em todo o mundo. No Brasil as mais conhecidas são a banana-nanica, banana-prata, banana-maçã, banana-da-terra (as maiores de todas: cada fruto pode medir 30 cm e pe…

MINICHEFS DA UE

A Comissão Europeia lançou a campanha "Minichefs da UE" que fornece às crianças conselhos sobre alimentação saudável na cantina escolar ou em restaurantes, com a ajuda de 4000 chefes de cozinha europeus. É mais uma medida de prevenção da obesidade infantil. Existem 45 milhões de crianças obesas na Europa e surgem 400 mil novos casos por ano.

Imagem:http://www.minichefs.com/index.php?home

A AVENTURA DE COMER

Acaba de sair um livro de humor gastronómico de Quino, o criador de Mafalda: "A Aventura de Comer" (Teorema). O livro é uma recolha dos cartunes que Quino desenhou nos últimos três anos para a imprensa argentina, principalmente para o diário "Clarín", nos quais a comida, os comilões, os empregados de restaurantes, os clientes arrogantes e as moscas na sopa são os protagonistas. Ficam duas páginas para abrir o apetite (clique em cima para ampliar):


ASSOCIAÇÃO MÉDICA AUSTRALIANA COMBATE A OBESIDADE

A Associação Médica Australiana (AMA) está preocupada com os números da obesidade no seu país. 50 por cento dos adultos australianos têm sobrepeso e esse fenómeno é semelhante nas crianças e adolescentes. As despesas de saúde com a obesidade e doenças associadas ultrapassa já 1,2 milhões de dólares americanos por ano, pelo que a AMA pede mais responsabilidade por parte da indústria alimentar na luta contra a obesidade. No documento AMA Position Statement on Obesity-2008, a associação deixa clara a sua posição. O problema envolve toda a sociedade (indivíduos, famílias, indústrias, governo, escolas e media) e a sua resolução exige a colaboração de todos.

A epidemia da obesidade explica-se, de uma forma simples, pelo consumo excessivo de calorias e por actividade física insuficiente. No entanto, as escolhas e os comportamentos são influenciados por múltiplos factores, que vão desde preferências individuais e força de vontade até circunstâncias culturais, económicas, científico-tecnológic…

ALIMENTAÇÃO NA TERCEIRA IDADE

Actualmente, dado o avanço do conhecimento científico e tecnológico, acredita-se que a potencial esperança de vida do ser humano se situa entre os 110 e os 120 anos. No entanto, muito poucas pessoas vivem até essa idade...

Envelhecer é um processo que começa no momento do nascimento e termina com a morte. Durante o período de crescimento, os processos de construção dos tecidos sobrepõem-se às alterações degenerativas. Quando o corpo atinge a maturidade fisiológica, a mudança degenerativa vai-se tornando superior à taxa de regeneração celular, do que resultam perdas celulares diminuindo a função orgânica e a quebra do consumo energético.

Durante o processo podem ocorrer perdas sensoriais, como diminuição da sensibilidade do paladar e do olfacto, perda de apetite, dificuldade em mastigar, azia, obstipação, intolerância à lactose, isolamento social, incapacidade física, o que faz com que este grupo etário seja vulnerável a situações de desnutrição.

A maior parte dos idosos conserva os hábit…

O BOTOX AFINAL NÃO É INÓCUO

A neurotoxina botulínica, comercialmente conhecida por Botox, e usada como cosmético no tratamento anti-rugas, afinal consegue "viajar" até ao sistema nervoso central. Esta é a conclusão de um estudo relizado no Instituto de Neurociência de Pisa, em Itália, liderado por Matteo Caleo.

Uma das razões do sucesso e da utilização do Botox em tratamentos cosméticos deve-se ao facto de os cientistas pensarem que a neurotoxina botulínica ficava localizada onde se injectava. No entanto, a descoberta de que a neurotoxina se infiltra no interior das fibras nervosas do cérebro e da medula espinal, é preocupante. Os efeitos são ainda desconhecidos, mas a FDA, organismo americano que controla a segurança dos alimentos e medicamentos, está a pôr em causa a segurança do Botox devido aos temores de que a droga possa, ocasionalmente, provocar dificuldades respiratórias e mesmo a morte. Esta preocupação é acrescida por já haver registos de 1437 efeitos adversos e 16 mortes atribuídos ao uso de …

"O PÃO, O BIOCOMBUSTÍVEL DAS REVOLTAS"

A propósito do aumento do preço dos bens alimentares em todo o mundo, transcrevo a crónica do jornalista Ferreira Fernandes, publicada no Diário de Notícias de 27 de Abril, intitulada "O pão, o biocombustível das revoltas".
Trata-se de uma antevisão das consequências graves que esta crise alimentar mundial pode tomar, baseada na história.


"Maria Antonieta nunca disse: "O povo não tem pão? Que coma brioches!" Em Confissões, livro escrito em 1766, Jean Jacques Rousseau atribui a frase a uma "grande princesa" e nessa data Maria Antonieta tinha 10 anos e vivia em Viena.
Mas interessa-me a frase porque o estômago vazio é que dá horas às revoluções, não a falta de liberdade. O povo de Paris foi cercar o palácio Trianon, protestando pelo preço do pão, primeiro, e só mais tarde é que decidiu libertar os presos da Bastilha.

Lembro-o pelas revoltas que vão por todo o mundo, do México à Malásia, por causa da escassez de comida. Segundo o Banco Mundial, o preço do…

COZINHA PARA CRIANÇAS NA WEB

O site http://spatulatta.com/ ensina as crianças a confeccionar receitas simples e saudáveis através de vídeos. Um dos objectivos é encorajar as crianças a comer mais vegetais e mais frutas, e a perceberem melhor a ligação que existe entre a quinta e a mesa de jantar.
Os vídeos do programa de culinária são feitos por duas meninas de 9 e 11 anos, Belle e Liv Gerasole (na foto).